Regras do 53-roster 2021

Saudações, torcedores dos Broncos! Os Training Camps (TC) estão à todo vapor e logo os Broncos terão que formar seu elenco de 53 jogadores para a temporada, o chamado 53-roster. Vamos conferir quais são as regras para a montagem do elenco laranja e azul.

Para você que perdeu, nossa editora Ana Luiza Figueiredo já publicou sua previsão para o elenco dos Broncos deste ano (link), assim como fizemos em nossa live do dia 09 de Agosto de 2021 (link).

Datas limites para os cortes

Durante todo o período de TC, os times da NFL precisam manter 90 jogadores em seus elencos ativos. Qualquer adição acima desse número deve ser acompanhada de um corte para manter o grupo de atletas em 90. Da mesma maneira, qualquer corte deve ser acompanhado de uma adição, pois é proibido manter qualquer outro número de jogadores que não seja 90.

Mas todos sabemos que, para o início da temporada regular, os elencos devem ser formados por 53 jogadores, de modo que cortes precisam ser feitos. Com a modificação do calendário da liga para 17 jogos, um jogo a menos ocorrerá na pré-temporada. Serão 3 jogos e após cada um deles um certo número de jogadores deverá ser cortado. Confira abaixo as datas e o número de cortes:

  • 17 de agosto: corte de 5 jogadores após o primeiro jogo da pré-temporada;
  • 24 de agosto: corte de mais 5 jogadores após o segundo jogo da pré-temporada;
  • 31 de agosto: corte de 27 jogadores para a formação do 53-roster após o terceiro jogo da pré-temporada.

Note que os times podem carregar um número considerável de jogadores até o último jogo da pré-temporada, algo diferente dos tempos pré-COVID-19. Como consequência, cortar 27 jogadores após o último jogo será um processo longo e doloroso para muita gente.

Fangio e sua comissão contam com as regras mais flexíveis do ano passado para gerenciar o 53-roster dos Broncos. Fonte: Denver7.

Gerenciamento do 53-Roster durante a temporada regular

Além desse processo de cortes, existem regras para gerenciamento do 53-roster ao longo da temporada regular. Tais regras mudaram dramaticamente em 2020 por conta da pandemia, com uma série de flexibilizações para evitar que jogos fossem cancelados por surtos de coronavírus nos times e que serão mantidas em 2021, mesmo com a vacinação avançada na liga.

Vamos conhecer melhor essas regras:

  • Jogadores colocados na Injury Reserve (IR) podem ser recolocados no 53-roster depois de 3 semanas. Normalmente seria após 6 semanas;
  • Não há mais limites para o número de jogadores que podem ser recolocados no elenco principal vindo da IR.

Estas duas regras tratam especificamente da IR. Não existe mais o limite de 2 jogadores que poderiam ser realocados para o 53-roster saindo da IR e o tempo mínimo de permanência na IR é de apenas 3 semanas. Isso significa que o time tem mais flexibilidade para designar jogadores lesionados sem precisar esperar longas 6 semanas para colocá-los de volta em campo. Na regra antiga, se um time acreditasse que uma ou múltiplas lesões demorassem 4 ou 5 semanas para curar, muitas vezes se encontrava em um dilema de colocar o jogador na IR ou segurar seu lugar no 53-roster, ficando com um jogador a menos no elenco por várias semanas. Também não há mais o problema de ter que escolher apenas dois jogadores para voltar da IR.

  • O practice squad (PS) permanece com maior capacidade: até 16 jogadores, sendo que 6 podem ser veteranos (jogadores com mais de duas temporadas creditadas no currículo);
  • O time pode proteger até quatro jogadores de seu PS por semana de serem assinados e colocados (tungados) em 53-roster de outras equipes.

Estas são as duas primeiras regras que tratam da relação elenco ativo e PS. Antes da pandemia, os PSs poderiam ter somente 10 jogadores (nenhum veterano). Também era possível um time assinar com qualquer jogador de qualquer PS das outras equipes, desde que para colocá-los em seu 53-roster. Agora, cada equipe pode colocar até 6 veteranos em seu PS e proteger 4 jogadores por semana contra tungagem de outras equipes.

  • Até 2 jogadores por semana podem ser elevados do PS para o elenco principal, desde que o façam até 4 horas da tarde (horário da costa leste americana) do dia anterior do jogo e sem retirar 2 jogadores do 53-roster;
  • Um jogador pode ser elevado do PS para o elenco principal dentro dos 90 minutos que antecedem o início da partida no caso de um teste positivo para COVID-19 no elenco principal.

A primeira dessas últimas regras faz o elenco ter efetivamente 55 jogadores disponíveis no dia do jogo. Mas, cada jogador do PS pode ser elevado ao elenco principal apenas 2 vezes por temporada. A partir da terceira, seu contrato no PS deve ser terminado e um novo celebrado como membro do 53-roster. Um corte correspondente deve ser feito para manter o elenco com 53 jogadores e o jogador elevado não pode ser devolvido ao PS sem antes passar pelos waivers. No caso da segunda regra, não há limites para um jogador ser elevado pois seria uma emergência.

Essas são as regras do 53-roster em 2021 com as mesmas flexibilizações de 2020 por conta da pandemia. Deixem suas dúvidas e comentários abaixo que iremos responder.

Se você quer produtos dos Broncos e da NFL, confira o site da First Down (link), parceira do Mile High Brasil.

E não se esqueça de seguir o Mile High Brasil no Twitter, no Instagram, se inscrever em nosso canal no YouTube e apoiar nosso trabalho pelo Apoia.se

#GoBroncos