De Olho nos Jets

Saudações Broncos Country! Que início de temporada difícil… Mas, para a Semana 7, o Denver Broncos volta ao Colorado para receber o New York Jets e, para a nossa alegria, não será em prime time.


Broncos x Jets – Temporada regular 2022

ADVERSÁRIO: NEW YORK JETS

DATA DA PARTIDA: 23/10/2022

HORÁRIO: 17h05 (horário de Brasília)

LOCAL: Empower Field at Mile High, Denver, CO

Destaques do New York Jets: Linha defensiva, secundária e jogo corrido

A linha defensiva do Jets é muito boa e se sobressaiu contra a fraca linha ofensiva do Packers na última semana. O maior destaque foi o defensive tackle Quinnen Williams, com 5 tackles totais, 2 sacks, 2 tackles para perda de jardas e 3 quaterback hits.

Durante a temporada, o DT tem sido excelente: é o 11º defensor com mais sacks (5) e o defensive tackle com mais sacks (um a mais que Aaron Donald). Além disso, o defensor do Jets têm 22 tackles totais, sendo 13 solo, 4 tackles para perda de jardas, um fumble forçado e um fumble recuperado.

Nossa linha ofensiva não está jogando bem e teve uma atuação ruim contra o Chargers, principalmente pelo miolo. Até aqui, Russell Wilson é o 6º quarterback que mais sofreu sacks na liga, com 20 – 3 a menos que o 1º colocado. Portanto, Williams poderá nos causar muitos problemas no domingo.

Na secundária do Jets, enfrentaremos um dos candidatos a rookie defensivo do ano, o cornerback Ahmad “Sauce” Gardner. O calouro está provando que foi uma escolha excelente e já é um dos principais CBs da liga. Contra o Packers, teve uma partida dominante, permitindo apenas uma recepção para 8 jardas em seis alvos e ainda desviou 3 passes.

E o cornerback tem uma estatística muito impressionante: em todos os 40 snaps que Sauce Gardner jogou em cobertura homem a homem, permitiu apenas uma recepção para 6 jardas.

Será um jogo muito difícil pro nosso ataque e Courtland Sutton, o nosso principal (e praticamente único) destaque entre os recebedores, tem tudo para ser anulado.

Outra estatística que mostra a força da secundária do Jets é que Sauce Gardner e DJ Reed juntos estão limitando os quarterbacks adversários a um rate abaixo de 70. Ou seja, com o ataque amontoando problemas, a defesa do Jets tem grandes chances de anular o setor ofensivo do Broncos.

Como se todos esses pontos defensivos já não fossem o bastante, o Jets ainda tem mais um ponto bem positivo em seu ataque: o running back Breece Hall. É um dos destaques do time na temporada e é forte candidato na corrida do prêmio de rookie ofensivo do ano. Contra o Packers, o RB teve 116 jardas totais, 20 carregadas e marcou 1 touchdown.

Durante a temporada, Hall tem sido a principal arma ofensiva de New York. É o 14º running back nas jardas gerais (391 em 76 carregadas), com uma média de 5,1 jardas e 3 touchdowns. Se dermos liberdade para ele, vamos sofrer na partida.

Como superar o New York Jets? Com uma melhora geral em nosso ataque

Como temos visto na temporada, se nosso ataque fosse mais eficiente – ou minimamente constante – teríamos uma campanha positiva.

É muito complicado entender tudo que está acontecendo. Tudo de negativo ocorre ao mesmo tempo no ataque, passando por Head Coach, quarterback, linha ofensiva, running backs e recebedores. No resumo, Nathaniel Hackett está fazendo força para ser o pior Head Coach da liga, além de passar a impressão de querer dificultar tudo.

Russell Wilson está jogando muito abaixo do esperado. Apesar de ter alguns momentos bons durante alguns jogos, a soma geral é bem ruim. O quarterback, no geral, tem 83.4 de rate, ocupando a 23ª posição – lembrando que a liga tem 32 times. E, para coroar este momento belíssimo que estamos vivendo, ainda é duvida para a partida, então poderemos ver Brett Rypien em campo.

Este jogo está se desenhando para ser muito complicado, até porque a defesa deles é muito boa e nosso ataque é horrível.

Acredito que, infelizmente, vamos perder mais uma partida. Mas, será um jogo muito feio e com poucos pontos. A nossa defesa tem tudo para se destacar mais uma vez e nosso ataque enfrentará uma defesa muito difícil e terá muitas dificuldades de pontuar.

Palpite: Vitória do New York Jets
Placar: 16 x 12


E não se esqueçam de seguir o Mile High Brasil no Twitter, no Instagram, se inscrever em nossos canais no YouTube e na Twitch, além de apoiar nosso trabalho pelo Apoia.se

#GoBroncos