Conhecendo Randy Gregory

Salve Salve Broncos Country! Iniciaremos a série de posts “Conhecendo”, onde apresentaremos a vocês os novos jogadores vindos da Free Agency. E, começando por uma das mais faladas contratações, o EDGE Randy Gregory ex jogador do Dallas Cowboys.

Randy Gregory chega ao Denver Broncos com um contrato de 5 anos, 70 Milhões de Dólares sendo 28 Milhões garantidos. Ele era tido como o EDGE número 1 do nosso front office. Conseguimos quem queriamos!

Natural de Jacksonville, FL Randy Gregory nasceu 23 de Novembro de 1992 (29 anos), porém se mudou da Flórida sete vezes. Filho de Ken Gregory que jogou NCAA pela universidade de Northwestern. Randy iniciou sua carreira no football na Hamilton Southeastern High School na cidade de Fishers estado de Indiana onde foi atleta de dois esportes, football e basketball.

Randy Gregory em seu tempo de HS. Fonte: IndyStar

Neste período de High School ele já colocava boas estatísticas sendo elas 92 tackles e 17 sacks e na sua temporada de Senior foi eleito jogador top-15 no estado de Indiana o que gerou interesse de múltiplas escolas oferecendo bolsa para ele, mas também teve interesse de algumas universidades da primeira divisão no basquete.

Carreira no College

Tomou a decisão de jogar pela Arizona Western College em 2011, onde teve 82 tackles, 9 sacks, 21 tackles para perda de jardas, 3 fumbles forçados e 2 fumbles recuperados o que ajudou e muito a sua universidade a chegar no NJCAA (National Junior College Athletic Association) Championship Game. No ano seguinte, 2012, perdeu a temporada toda com uma perna quebrada.

Originalmente Gregory tinha se comprometido com a Universidade de Perdue, mas ficou inelegível academicamente e decidiu ir mais para o Oeste e jogar pela Universidade de Nebraska, onde veio a ter uma bela carreira.

Em seu ano de Sophmore em 2013, foi titular em 10 dos 13 jogos contabilizando 65 tackles sendo 19 para perda de jardas, 10.5 sacks, 18 pressões ao QB, 1 passe defendido, 1 fumble forçado, 1 fumble recuperado e 1 interceptação que foi retornada para touchdown. A marca de 10.5 sacks foi a melhor marca dentro da conferência Big Ten que ajudou a render a ele a nomeação para o First Team All-Big Ten e o MVP defensivo para a defesa de Nebrsaka.

A carreira de Randy Gregory no College em números. Fonte: Bleacher Report

No ano seguinte, 2014, Randy Gregory foi listado pela Sporting News comoo jogador número 5 da pré temporada no College, e ele não os desapontou. Fez um ano com o titular em 10 dos 11 jogos de Nebraska, com 54 tackles (quinta melhor marca no time), 10 tackles para perda de jardas terceira melhor marca do time, liderou o time em sacks com 7, 16 pressões ao QB, 1 interceptação, 3 passes defendidos, 1 fumble forçado e 2 chutes bloqueados. Após esses bons números nesta temporada ele decidiu se declarar ao Draft apesar de ainda poder jogar seu ano de Senior.

Draft

Por meados de Maio de 2014 Randy Gregory era projetado como uma escolha alta de primeira rodada no Draft de 2015 em muitos Mock Drafts, porém no Combine de 2015 um teste de drogas detectou a presença de maconha. Motivo esse que fez ele cair da primeira rodada até a segunda rodada onde foi selecionado pelo Dallas Cowboys na escolha 60 geral, Gregory foi o último jogador na Green Room do Draft daquele ano.

Esse teste de droga fez com que muitos times desconfiassem do jogador apesar do seu bom desempenho no Combine. Seus números foram:

Randy Gregory no tiro de 40 jardas no Combine de 2015. Fonte: Site Oficial Atlanta Falcons.
  • 1.95 m de altura
  • 107 kg
  • 4.64 segundos no tiro de 40 jardas
  • 1.61 segundos nas primeiras 10 jardas
  • 6.80 segundos no exercício dos 3 cones
  • 0.93 m no salto vertical
  • 3.18 m no salto horizontal
  • 24 repetições no supino.

Randy Gregory na NFL

Durante a p´re temporada, Randy Gregory já chamava a atenção especialmente por ter tido 3 sacks em 3 jogos, porém no jogo de abertura da temporada 2015 contra o NY Giants ele sofre um high ankle sprain no quarto quarto que fez com ele perdesse os próximos 4 jogos e atrapalhou demais o seu desenvolvimento nesse começo promissor. Retornou a campo contra o mesmo Giants na semana 7 mas só foi colocar estatísticas ao seu favor na semana 10 contra Tampa Bay Buccaners. Não teve nenhum sack durante essa temporada mas ainda assim teve 16 pressões ao QB o que foi a quarta melhor marca no time e 1 tackle para perda de jardas. Bom número de pressões logo em seu primeiro ano.

Porém a tempestade estava prestes a começar em sua carreira, em 16 de Fevereiro de 2016 Gregory foi suspenso por 4 jogos devido a violação a política de substâncias da liga, meses depois um novo teste de droga falho fez com que fosse colocado em uma clínica para tratamento, foi removido do Roster e recebeu uma nova suspensão, agora de 10 jogos. Um retorno só seria possível em 19 de Dezembro. No dia 11 de Novembro foi reportado que ele teria falhado novamente em um teste de drogas, o que adicionou um suspensão de 1 ano a sua atual suspensão de 14 jogos.

Randy gregory com as cores do Dallas Cowboys. Fonte: New York Post.

Conseguiu ser ativado após suas suspensões em Dezembro no dia 26 e jogou sua estreia contra o Detroit Lions e jogou apesar de uma lesão no oblíquo. Fez mais uma partida contra os Eagles onde teve seu primeiro sack, tackle para perda de jardas, pressão ao QB e a marca de 7 tackles.

Em Fevereiro de 2019 Gregory foi suspenso de por tempo indefinido, isso após ter sido suspenso dos playoffs após as partidas que jogou citadas acima, foi reintegrado e entrou no programa médico da NFL mas teve uma recaída que o trouxe até essa suspensão. No mês de Abril de 2019 os Cowboys de maneira surpreendente estenderam o contrato de Gregory pela temporada 2020.

No mês de Março de 2020 ele entrou com o pedido de reintegração junto a NFL, que foi atendido em Setembro e os Cowboys tiveram uma vaga especial de roster para o jogador nesta condição especial dada pela NFL. Fez sua estreia na semana 7 com o Washington Commanders mas foi no Thanksgiven que começou a colocar estatísticas de saltarem os olhos tais como um jogo com múltiplos sacks contra Alex Smith.

  • Jogou 10 jogos
  • 17 tackles sendo 3 para perda de jardas
  • 3.5 sacks (Empatado para 3 melhor marca do time)
  • 16 pressões ao QB
  • 1 passe desviado
  • 3 fumbles forçados
Randy em ação fazendo uma de suas especialidades. Fonte: WFAA.

Atuação essa que rendeu a ele em 2021 o título de titular na posição e ele não decepcionou. Foram 12 jogos sendo 11 como titular, 1 interceptação, 1 passe desviado, 3 fumbles forçados, 1 recuperado, 6 sacks, 19 tackles sendo 15 solo, 4 tackles para perda de jardas e 17 QB hits. Marcas impressionantes de pressão, combinadas a um atleticismo enorme que fez com que George Paton enxergasse muito potencial fazendo com que decidisse investir, e pagou 70 Milhões por 5 anos de muito talento e esperamos que muita pressão aos QBs adversários quando jogarem contra o Denver Broncos.

Opinião do Editor

E aí torcedor, o que achou do nosso mais novo jogador?

Sigam o Mile High Brasil no Twitter, no Instagram, se inscrevam em nosso canal no Youtube e apoiem nosso trabalho pelo Apoia.se.

#GoBroncos