Conhecendo Jeff Driskel

Saudações torcedores e torcedoras do Denver Broncos! John Elway, em um move inesperado, fechou acordo com o quarterback Jeff Driskel, ex-Niners, Bengals e Lions para disputar a vaga de backup do nosso QB Drew Lock. Vamos conhecer um pouco mais sobre a nova contratação?

Início de Carreira

Jeffrey Driskel nasceu em 23 de abril de 1993 na cidade de Oviedo na Flórida e tem 26 anos. O começo de sua trajetória no Futebol Americano aconteceu na Paul J. Hagerty High School, em seu estado natal, onde jogou futebol americano e basquete. O destaque veio em 2010: como senior conquistou o Maxwell Football Club National High School Player of the Year e o Gatorade Florida Player of the Year. Em sua carreira no HS, totalizou 4,844 jardas para 36 touchdowns. Foi rankeado como o melhor pro-style quarterback de sua classe por dois sites (Rivals.com and Scout.com).

 

Driskel aceitou uma bolsa esportiva para frequentar a Universidade da Flórida e jogar pelo Florida Gators. Como freshman, apareceu em cinco jogos, completando 16 de 34 passes para 148 jardas e duas interceptações. Como sophomore se tornou o QB titular da equipe e os levou a um recorde de 11 a 2 e a uma vaga no Sugar Bowl de 2013, no qual a Flórida perdeu para o Louisville Cardinals. Em seu terceiro ano, após iniciar três jogos em 2013, quebrou a fíbula direita em um jogo contra a Universidade do Tennessee e perdeu o restante da temporada. Voltou da lesão em 2014 e manteve a titularidade no início da temporada, mas depois foi colocado no banco para Treon Harris assumir sua posição. Nos 4 anos em que jogou pelo Gators, totalizou 3.411 jardas para 23 touchdowns e 20 interceptações.

 

Em 3 de janeiro de 2015, Driskel recebeu liberação da Universidade da Flórida e foi transferido para a Louisiana Tech University. Em sua única temporada por lá, totalizou 4.033 jardas para 27 touchdowns e oito interceptações.

 

Apesar de não jogar beisebol desde o High School, foi selecionado pelo Boston Red Sox no Draft 2013 da MLB (863ª escolha geral). Assinou um contrato, mas não tinha planos de parar de jogar futebol americano.

 

Carreira na NFL

Driskel foi draftado pelo San Francisco 49ers na sexta rodada (escolha geral #207) do Draft de 2016, tendo em vista que os 49ers negociaram o TE Vernon Davis para o Denver Broncos em troca da escolha usada para selecioná-lo. Em 5 de maio de 2016, assinou um contrato de quatro anos e US$ 2,45 milhões com um signing bonus de US$ 112.539. Iniciou o training camp como quarterback n°4, mas após lesão de Thad Lewis disputou com Christian Ponder pela posição de terceiro quarterback do time. Em 3 de setembro de 2016, foi dispensado pelos 49ers.

 

 

Em 4 de setembro de 2016 Driskel foi reivindicado pelo Cincinnati Bengals. Começou a temporada como o terceiro quarterback no depth chart, atrás dos veteranos Andy Dalton e AJ McCarron. Em 4 de setembro de 2017, foi colocado na injury reserve. Fez sua estreia em temporada regular no dia 21 de outubro de 2018, substituindo Andy Dalton nos minutos finais da derrota por 45 a 10 para os Chiefs, completando todas as quatro tentativas de passe para 39 jardas. Na semana 12, Dalton lesionou seu polegar no terceiro quarto e ficou fora do jogo, fazendo com que Driskel assumisse seu lugar e lançasse seu primeiro touchdown da carreira profissional para Tyler Boyd além de marcar um touchdown corrido na derrota para o Cleveland Browns. Com a confirmação de que Dalton ficaria fora da temporada, se tornou o starter do time nos últimos cinco jogos da temporada. Seu recorde foi de 1-4 e teve 764 jardas passadas, cinco touchdowns e duas interceptações. Driskel foi colocado na injury reserve em 31 de agosto de 2019 e foi dispensado em 11 de setembro.

 

Em 17 de setembro, Driskel foi contratado pelo Detroit Lions. Em 10 de novembro, fez sua primeira partida pelo Lions contra o Chicago Bears depois que Matthew Stafford não atuou devido à lesão nas costas/quadril. Terminou o jogo com 269 jardas, um touchdown e uma interceptação na derrota de 13 a 20. Na semana 11, contra o Dallas Cowboys, lançou 209 jardas e dois touchdowns além de correr 51 jardas para um touchdown na derrota de 35–27. Depois de sofrer uma lesão no tendão durante a derrota para o Washington Redskins, Driskel foi colocado na injury reserve no dia 30 de novembro.

 

Driskel nos Broncos

Jeff Driskel chega aos Broncos com um contrato de dois anos e US$ 5 milhões, que inclui um signing bonus de US$ 1,5 milhão. Seu salário de US$ 1 milhão nesta temporada é totalmente garantido. O signing bonus será proporcional ao longo dos dois anos, então o teto salarial atingido nesta temporada será de US$ 1,75 milhão.

Drew Lock é o quarterback #1 dos Broncos e não há dúvidas disso. Porém, a vaga de backup está em aberto e será disputada por Driskel, Rypien e Allen (lembrando que Allen é UFA e poderá sair dos Broncos) durante a pré-temporada. Não há motivos para se alongar explicando porque um seria melhor que o outro, já que Allen não teve uma performance muito positiva substituindo Flacco na temporada passada, Driskel atuou por 12 jogos na temporada regular, substituindo os franchise QBs de Bengals e Lions e Rypien, bom, basicamente é dispensado e contratado em looping pelos Broncos. A esperança é de que não haverá necessidade de utilizá-lo, já que a BroncosCountry quer muito que Drew Lock faça uma belíssima temporada.

 

E para vocês… Quais são as suas opiniões sobre esta contratação? Gostaram do movimento? Deixem seus comentários.

 

GO BRONCOS!