Conhecendo – Alex Singleton, Josh Johnson, J. R. Reed, K’Waun Williams e Billy Turner

Torcedores, do Denver Broncos, bem-vindos! Hoje conheceremos nossa última leva de contratados: O linebacker Alex Singleton, o quarterback Josh Johnson, o safety J. R. Reed, o cornerback K’Waun Williams e por fim um velho conhecido, o tackle Billy Turner.

Alex Singleton, LB

CAN ALEX SINGLETON STOP THE EAGLES' BLEEDING AT LINEBACKER? | Fast Philly  Sports
Alex Singleton em sua passagem pelo Philadelphia Eagles
Foto: Fast Philly Sports

Alex Reed Singleton tem 28 anos, nascido em Thousand Oaks, California. Possui 6’2” (aproximadamente 1,88m) de altura, jogou no College pela universidade de Montana State.

Profissionalmente, ele ingressou como undrafted na NFL, no ano de 2015, pelo Seattle Seahaws, mas acabou não se firmando, tendo passado neste mesmo ano pelo practice squad do New England Patriots e do Minnesota Vikings.

Já em 2016, ele foi escolha de primeira rodada (6ª escolha geral) da CFL, liga de futebol americano no Canadá, pelo Calgary Stampeders , onde ganhou destaque, tendo recebido o prêmio de melhor jogador defensivo daquela liga em 2017, recebendo duas nominações para o All Star (o Pro Bowl do Canadá) em duas oportunidades.

Em 2019, Alex decidiu buscar nova oportunidade na NFL, assinando em janeiro um contrato com o Philadelphia Eagles, tendo jogado, na temporada 19/20, 10 partidas, todas nos Special Teams.

Já na temporada 20/21, o linebacker assumiu a titularidade no lineup defensivo da franquia após a lesão de T.J. Edwards na semana 4 (em um SNF contra o San Francisco 49ers, jogo em que teve uma pick six contra o QB Nick Mullens) e, desde então, vinha sendo o principal tackler do time, tendo iniciado em 19 partidas e registrado 262 tackles, 2 interceptações, 5 desvios de passe, 9 tackles for loss, 9 quarterback hits e um fumble forçado. Vale destacar que nesta última temporada, Singleton foi nomeado um dos capitães do time, o que demonstra algo que George Paton vem sempre procurando.

Trazendo o jogador ao contexto do Denver Broncos, acredito que esta tenha sido uma contratação que traz certa segurança e profundidade para a posição, uma vez que já foi reportado que Baron Browning terá snaps como outside linebacker neste próximo ano. Além disso, é mais um jogador com bela experiência nos Special Teams, e que tem grandes chances de se tornar um dos capitães da unidade.

O contrato com o Broncos é de 1 ano, com U$ 1.1mi garantidos e a possibilidade de até U$ 750.000 em incentivos.

Josh Johnson, QB

Baltimore Ravens quarterback Josh Johnson (15) warms up prior to the game against the Green Bay Packers at M&T Bank Stadium.
Josh Johnson em sua passagem pelo Ravens, na temporada passada.
Foto: cincinnati.com

Joshua Javon Johnson tem 35 anos e nasceu em Oakland, California. Jogou o College pela Universidade de San Diego, onde jogou por 3 anos, anotando 9.699 jardas, 113 touchdowns e 15 interceptações. Acabou sendo draftado pelo Tampa Bay Buccaneers, em 2008, na 25ª escolha do 5º round (160th overall).

Em sua longa carreira na liga, Josh já passou por outras 13 franquias – Buccaneers, 49ers, Browns, Bengals, Jets, Colts, Bills, Ravens, Giants, Texans, Raiders, Redskins e Lions – além de ter jogado nas finadas ligas UFL e AAF, em 2012 e 2018, respectivamente.

Na temporada passada, com as lesões de Lamar Jackson e Brett Hundley, o quarterback teve uma partida como titular, contra os Bengals, na semana 15. Ali, teve números decentes, apesar da derrota: 304 jardas em 70% dos passes completados, para 2 touchdowns e uma interceptação.

Porém, apesar do enorme histórico de times, Johnson apenas iniciou 9 jogos na liga em toda sua carreira, sempre sendo tratado como um reserva por onde passou – o que é definitivamente o caso em Denver, uma vez que agora (graças a Deus!) o Broncos conta com Russell Wilson como QB, um dos jogadores mais duráveis na posição. Batalhará pela vaga de backup com o Brett Rypien.

Johnson assinou com os Broncos por um ano e U$1.220mi, sendo U$ 100.000 garantidos no momento da assinatura.

J. R. Reed, S

Denver Broncos news: J.R. Reed signing one-year contract
J. R. Reed em sua passagem pelo New York Giants, na temporada passada.
Foto: USA Today

Jake Rashaan Reed, 26 anos, nasceu em Frisco, Texas.

No college, após uma curta passagem pela Universidade de Tulsa, Jake jogou 3 temporadas pela Universidade de Georgia, onde ganhou prêmios como o Second Team All-SEC em 2017, o First Team All-SEC em 2019 e o Consensus All American, também em 2019. Nesta última temporada, inclusive, foi nomeado como finalista dos prêmios Jim Thorpe Award, que premia os melhores defensive backs no college, e Bronko Nagurski Trophy, prêmio dado ao melhor jogador defensivo no universitário.

Apesar da performance sólida, não foi draftado em 2020, tendo assinado como free agent com o Jacksonville Jaguars, onde não conseguiu fazer parte dos 53 após o training camp, sendo contratado para o practice squad dos Rams logo depois.

Em Los Angeles, ficou alternando entre PS e time principal até o meio da temporada passada, quando assinou com o New York Giants, onde jogou 8 partidas e registrou apenas 5 tackles.

No Denver Broncos, Reed encontrará dois velhos conhecidos: nosso DC Ejiro Evero, que era DB coach no Rams em sua passagem por lá, além do coordenador de ST Dwayne Stukes, que também trabalhava em LA como assistente.

Outro ponto importante sobre o safety é sua experiência nos special teams, onde jogou 117 snaps nas duas últimas temporadas.

Reed assinou um contrato mínimo para veteranos com o Broncos, não tendo qualquer dinheiro garantido.

K’Waun Williams, CB

Broncos agree to two-year deal with CB K'Waun Williams
K’Waun Williams vem para reforçar a profundidade da secundária do Broncos.
Foto: thedenverchannel.com

K’Waun Lamar Williams tem 30 anos e nasceu em Paterson, New Jersey, jogou suas três temporadas no college no Pittsburgh Panthers.

Um ótimo slot cornerback durante toda a sua carreira, K’Waun (lê-se Kay Wan) não foi draftado em 2014, tendo assinado como free agent com o Cleveland Browns.

Por lá, jogou duas temporadas, onde, em 26 jogos, registrou 77 tackles, 2 sacks, 3 fumbles forçados e 2 recuperados. Durante a offseason da temporada 16/17, se envolveu em uma polêmica com o Browns: com o tornozelo lesionado (uma lesão que o fez perder a temporada toda e que o fez considerar a aposentadoria), o Browns se incomodou com a ausência do jogador nas dependências da franquia e acabou o multando, suspendendo e posteriormente cortando.

Após o corte, foi buscado nos waivers pelo Chicago Bears, mas não passou nos testes físicos. Com isso, como falado acima, acabou perdendo a temporada inteira.

Já na temporada 17/18, assinou com o San Francisco 49ers, onde jogou até a temporada 21/22. Na Califórnia, continuou tendo performances muito sólidas, registrando, em 4 temporadas, 51 partidas, 172 tackles, 4 sacks, 5 fumbles forçados e 3 interceptações.

No Denver Broncos, assinou um contrato de 2 anos no valor total de U$ 7mi, pra ser o slot cornerback de uma unidade elite na liga, que já conta com os corners Patrick Surtain II e Ronald Darby, por exemplo.

Billy Turner, RT

Broncos signing former Packers OL Billy Turner
Billy Turner, em sua passagem pelo Green Bay Packers
Foto: USA Today

Por último, mas não menos importante, um velho conhecido!

William Mason Turner, 30 anos, nasceu em Shoreview, Minnesota. No college, jogou por North Dakota State Univesity de 2010 a 2013, sendo selecionado de forma unânime para FCS All-American em seus dois últimos anos e posteriormente sendo selecionado pelo Miami Dolphins no terceiro round (67ª escolha geral).

Na flórida, jogou 20 jogos, iniciando como titular em 14 deles, até ser cortado pela franquia em 2016. De lá, após uma passagem de 3 dias no Baltimore Ravens, assinou com o nosso amado Denver Broncos.

Em duas temporadas e meia com a franquia do Colorado, Turner somou 11 partidas como titular, sendo 4 como right tackle e 7 como left tackle, sempre subsituindo os titulares da época (Jared Veldheer e Max Garcia), não deixando muitas saudades em nós torcedores.

Após o período em Denver, Billy assinou com os Packers e por lá teve seu melhor momento na carreira, sendo seu OC à época o nosso atual head coach, Nathaniel Hackett.

Em Wisconsin, jogou como right guard e right tackle, e teve bons números especialmente como RT. É nesta posição, inclusive, que brigará pela titularidade em sua volta ao Broncos, junto com o recém-contratado Tom Compton e Calvin Anderson, pelo privilégio de proteger Russell Wilson.

E assim termina a análise dos, até aqui, últimos 5 contratados pelo Denver Broncos. O que acham das adições? Não deixem de opinar nos comentários!

Não se esqueçam de seguir o Mile High Brasil no Twitter, no Instagram, de se inscreverem em nosso canal no YouTube e apoiarem nosso trabalho pelo Apoia.se. Go, Broncos!