História

Década de 60: O início na AFL

O Fundador

Ilustração: Bruno Venancio/Mile High Brasil

Bob Howsam nasceu em Denver, frequentou a Universidade do Colorado e serviu como piloto da Marinha durante a Segunda Guerra Mundial. Ele era genro de Edwin C. Johnson, três vezes senador e duas vezes governador do estado do Colorado. Muito interessado em baseball, Howsam tomou a frente da franquia Denver Bears, que era parte de uma liga menor. À frente dos Bears entre 1947 e 1962, ele foi duas vezes Executivo do Ano e construiu uma das franquias de maior sucesso das ligas menores nos anos 1950.

Mas o sonho de Bob Howsam era maior. Ele queria levar um time da MLB para o Colorado e com a ajuda de seu pai e irmão, construíram o estádio então conhecido como Bears Stadium. Ele chegou a elevar a capacidade para mais de 34 mil pessoas, enorme para os padrões das minor leagues, com a esperança de receber uma franquia da MLB. Só que isso acabou não se concretizando e os Howsam se endividaram no processo de buscar uma franquia de expansão.

Para ocupar o estádio e tentar aliviar o arrombo financeiro, Howsam buscou a nova sensação da época, o futebol americano. Ele primeiro tentou uma franquia de expansão da NFL, mas quando seu pedido foi negado, ele se juntou com outros empresários para criar uma nova liga, a American Football League. Assim, o Denver Broncos foi fundado em 14 de agosto de 1959, quando ele e outros sete novos donos se reuniram para criar a AFL. Eles se autodenominaram “Clube dos Tolos” (Foolish Club), por ousarem ir contra a estabelecida NFL. A tolice dando certo no final.

Os Broncos jogaram na AFL entre 1960 e 1969 e em seguida se juntaram à NFL quando houve a fusão entre as ligas em 1970.  A primeira vitória do time aconteceu em 9 de setembro de 1960 sobre o Boston Patriots por 13×10, mas o desempenho terrível do time em sua primeira temporada (4-9-1), somado às dívidas que a família Howsam adquiriu com o estádio na tentativa de levar um time da MLB para Denver, fez com que os Broncos fossem vendidos em 1961.

Bow Howsam acabou eventualmente tendo sucesso como executivo da MLB. Ele assumiu como general manager do St. Louis Cardinals no meio da temporada de 1964, quando o time tinha um recorde de 63-55 e estavam em quinto lugar na divisão. Os Cardinals venceram 30 dos últimos 44 jogos sob a administração de Howsam, conseguiram vaga nos playoffs e bateram os Yankees na World Series.

Ele montou o time dos Cardinals que venceu a WS de 1967, mas não recebeu o crédito devido, pois no início daquele ano se transferiu para Cincinnati, onde como GM construiu o time conhecido como “Big Red Machine“, que levou os Reds a vencerem seis vezes a divisão, quatro vezes a conferência e duas vezes a World Series. Tudo isso dentro dos seus 11 anos como GM dos Reds. Ele foi eleito ao Hall da Fama do Cincinnati Reds em 2004.

Após se aposentar, Howsam fez parte da Comissão de Baseball do Colorado, que teve sucesso em trazer o Colorado Rockies para Denver, como um time de expansão em 1993. Assim, ele completou o seu sonho de levar um time da MLB para sua cidade natal. Bob Howsam foi imortalizado no Hall da Fama de Esportes do Colorado em 1971. Faleceu em 19 de fevereiro de 2008, após deixar um legado gigante para os esportes de seu país e para Denver, sua cidade natal.

Esta página será atualizada semanalmente, à medida que o nosso ilustrador, Bruno Venancio, for criando novos conteúdos. Volte na próxima quinta para mais um pouco da história do Denver Broncos!