De Olho No Buffalo Bills

Saudações nação azul e laranja! Após uma grande vitória com uma ótima performance do nosso quarterback, receberemos em nossa casa uma das melhores equipes da temporada: o Buffalo Bills. A partida ocorrerá neste sábado, dia 19 de dezembro de 2020, às 18h25.

Enfrentaremos uma equipe fortíssima que têm 3 derrotas apenas e vem crescendo muito, tanto defensivamente quanto ofensivamente.

Broncos x Bills – Semana 15 da Temporada 2020

ADVERSÁRIO – BUFFALO BILLS

DATA DA PARTIDA: 19/12/2020

LOCAL: EMPOWER FIELD AT MILE HIGH – DENVER

Destaques dos Bills: Conexão Allen com seus recebedores e secundária.

O Buffalo Bills está tendo um ano muito bom ofensivamente, principalmente devido ao grande desempenho de seu quarterback Josh Allen que, em seu terceiro ano na NFL, vem jogando muito bem e já contabilizou 28 touchdowns em 13 partidas. Allen vem conduzindo o ataque do time com muita qualidade, conectando diversos jogadores durante a partida, com destaque para os wide receivers Stefon Diggs, Cole Beasley e Gabriel Davis e o tight-end Dawson Knox.

O ex-jogador dos Vikings Stefon Diggs chegou com status de estrela em Buffalo e realmente fez o nível crescer demais, desenvolvendo uma simbiose perfeita com Allen e seus companheiros de equipe. Diggs já tem na atual temporada 1167 jardas aéreas e 5 touchdowns. Já Beasley tem 838 jardas aéreas e 4 touchdowns, Davis 441 jardas aéreas e 6 touchdowns e Knox 172 jardas aéreas e 2 touchdowns. A variedade de jogadas da equipe dos Bills no ataque torna esta equipe ainda mais perigosa.

O ataque é muito criativo e coloca mais de 25 pontos em quase todas as partidas que jogaram na temporada. É uma equipe que sabe fazer as rotas necessárias para confundir a secundária do oponente e assim colocar pontos no placar. Com toda a certeza será um problema para os Broncos no sábado, já que não podemos contar mais com a dupla titular de cornerbacks (Callahan e Bouye). Será um desafio para Vic Fangio e Ed Donatell montarem um plano de jogo para evitar ao máximo que Diggs e companhia consigam recepções na partida.

Um outro grande ponto de destaque da equipe dos Bills é sua secundária, que já conseguiu 7 interceptações. A equipe possui atletas de alto nível que cresceram em desempenho e podem ser um problema para nosso ataque. O principal destaque é o cornerback Tre’Davious White, com 3 interceptações. A unidade possui ainda outros bons atletas como Micah Hyde, Jordan Poyer, Josh Norman, Levi Wallace e Taron Johnson. É uma unidade que evoluiu bastante ao longo da temporada e é mais uma razão para Denver cuidar da bola, evitando ao máximo concederem turnovers para os Bills.

Como bater os Bills? Correr com a bola, Lock ser consistente e pass rush entrar.

Uma das principais chaves para a vitória é explorarmos o jogo terrestre. É primordial que Phillip Lindsay e Melvin Gordon sejam utilizados para ganharmos território e pontuarmos. As únicas três derrotas do Buffalo Bills aconteceram em partidas contra adversários que correram com a bola com bastante intensidade ao longo de toda a partida. Contra os Titans cederam 139 jardas terrestres e 3 touchdowns, contra os Chiefs 245 jardas terrestres e 1 touchdown e contra os Cardinals 217 jardas terrestres e 2 touchdowns. É muito importante que Pat Shurmur envolva os running backs com bastante frequência no plano de jogo ao longo da partida, pois são importantíssimos para explorarmos uma dificuldade da equipe de Buffalo. Portanto, a ordem principal para o ataque deve ser: “Run the ball!”.

No entanto, somente correr com a bola não será suficiente para derrotarmos os Bills. É fundamental que tenhamos uma consistência ofensiva, a começar por Drew Lock que fez uma partida excelente com 4 touchdowns, nenhuma interceptação e quarterback rating de 149,5. Nenhum torcedor dos Broncos deve esperar uma atuação desta magnitude, ainda mais contra uma secundária boa igual a dos Bills, mas o que todos esperam e o que o time precisa é de somente uma coisa: consistência. O quarterback tem que cuidar da bola como fez na última partida, conectar seus companheiros ao longo das campanhas e não conceder turnovers. Este é um jogo onde qualquer erro pode ser crucial para definir o resultado. Nosso ataque vem melhorando a produção ofensiva há três partidas, a partir de uma mudança nas chamadas por parte de Pat Shurmur e todos esperamos que essa melhora e evolução continuem, pois o potencial ofensivo deste time existe e foi mais uma vez demonstrado no jogo contra os Panthers.

Portanto, Drew Lock, cuide da bola e seja consistente!

Um outro ponto para esta partida contra os Bills é o nosso pass rush. Devido à qualidade dos jogadores ofensivos, é fundamental que Josh Allen seja pressionado e sofra sacks e quarterback hits, pois se tiver tempo para lançar ou até mesmo correr com a bola para ganhar as jardas necessárias, pode trazer problemas para nossa equipe. Precisaremos que o front defensivo tenha uma boa exibição para incomodar Josh Allen, forçando-o a cometer turnovers ou aceitar sacks para perda de jardas. Até aqui na temporada, Allen já foi sacado 24 vezes em 13 jogos, então pressionar o quarterback dos Bills é algo importante e imprescindível no jogo deste sábado.

Acredito que será um dos jogos mais difíceis da temporada para os Broncos e, pelo fato dos Bills serem mais completos e sólidos como time do que os Broncos, a equipe de Buffalo levará a vitória!

Let’s go BRONCOS!

Palpite para a partida: Vitória dos Bills

Placar: 27 x 20