Bills at Broncos - Cartas na Mesa

Cartas Na Mesa: Semana 15 – vs Bills

Olá, amigue que torce para o Denver Broncos. Depois de uma vitória razoavelmente impressionante sobre o Carolina Panthers, voltamos para casa para recebermos o Buffalo Bills, terceiro melhor time da AFC (e da Liga) na temporada, em busca da sexta vitória na temporada (ou pelo menos, jogar para não fazer feio). Pra isso, vamos pôr as Cartas na Mesa.

Cartas na Mesa contra o Buffalo Bills

Ás de EspadasO Ás de Espadas

O Ás de Espadas é a peça fundamental, que pode desequilibrar a partida a nosso favor.

No caso da partida contra o Buffalo Bills, o Ás de Espadas é… Melvin Gordon!

Melvin Gordon começou o ano bem atrás de Lindsay e do que esperávamos. Entretanto, nas últimas 2 partidas, não sofreu fumbles e tem tido uma média de mais de 7 jardas por carregada (5,2 na partida anterior, incríveis 8,7 na partida contra KC). Se tornou o carregador de piano que esperávamos que fosse quando foi contratado e esperamos que mantenha o desempenho contra o Bills.

A defesa de Buffalo é apenas a vigésima contra o jogo corrido, cedendo média de quase 120 jardas por partida, mas nas últimas três partidas é a segunda melhor da Liga, cedendo média de apenas 70 jardas. Gordon precisará estar na sua melhor forma pra continuar tirando o peso dos ombros de Lock e mantendo nosso ataque em campo.

Melvin Gordon é o Ás de Espadas da partida contra o Bills porque quanto menos exigirmos de Lock, melhores nossas chances.

ps.: Mea culpa, mea maxima culpa. Brandon McManus nunca mais estará no Ás de Espadas.

CuringaO Curinga

O Curinga é aquela peça que ninguém sabe o que esperar. Seu desempenho pode nos garantir a vitória ou nos enterrar na derrota.

No caso da partida contra o Buffalo Bills, o Curinga é… Drew Lock.

Mais uma vez? Sim, mais uma vez. Mas é por uma boa razão.

Depois de dizermos que Lock é o pior QB titular da Liga, foi lá e teve o melhor jogo da sua carreira. Mais que isso, teve o terceiro melhor rating na história de um Quarterback do Denver Broncos. E se queremos ter qualquer chance de vencermos o Buffalo Bills, terá que repetir a dose e ainda não tenho nenhuma confiança de que vá fazer isso.

Foram 21 passes certos de 27 tentados, 4 TDs, nenhuma interceptação e rating de 149.5. Isso deu a Lock o prêmio da FedEx de jogador aéreo da semana, totalmente merecido. Teremos novamente Lock inspirado ou voltará a ser o pior QB da Liga? Aguardem as cenas dos próximos capítulos.

Drew Lock é o Curinga da partida contra o Bills porque é o Drew Lock (sim, vou manter a mesma justificativa).

Valete de CopasO Valete de Copas

O Valete de Copas é aquela peça que tem tanto amor no coração que é quase suicida. Suas atitudes em campo são amadas pelos adversários e causam na torcida a vontade de machadá-lo.

No caso da partida contra o Buffalo Bills, o Valete de Copas é… Phillip Lindsay.

Bom, se Gordon deu a volta por cima e está sendo bastante confiável, não podemos dizer o mesmo de Phillip Lindsay. Nos últimos 5 jogos, Lindsay está com uma média patética de 2.4 jardas por corrida, não correu e nem recebeu para nenhum touchdown.

O Broncos tem um backfield fortíssimo por ter dois corredores excelentes. Se Lindsay não recuperar a forma que sabemos que pode ter (2 temporadas seguidas com mais de 1000 jardas), vai sobrecarregar Gordon. Mais que isso, nossos OLs vão começar a ficar com dores nas costas por tomarem tanta capacetada.

Phillip Lindsay é o Valete de Copas da partida contra o Bills porque precisamos que seja quem ele é. Simples assim.

Dama de CopasA Dama de Copas

A Dama de Copas é a peça que corta as cabeças dos adversários. Motivo de preocupação e atenção especial, pode destruir o jogo a nosso favor.

No caso da partida contra o Buffalo Bills, a Dama de Copas é… nosso corpo de safeties.

Kareem Jackson, Justin Simmons e Will Parks (bem-vindo de volta, sentimos saudades) somaram 20 tackles, todos solo, além de 1 sack, 1 tackle for loss e 1 QB Hit (esses 3, cortesia de Parks).

Se queremos ter alguma chance de vencer o Bills, vão precisar manter esse ritmo e não deixar que os recebedores fiquem confortáveis para que Allen faça seus passes. A variação de jogadas que são capazes de fazer é muito boa e precisamos de cada um deles no topo do seu jogo, especialmente com todas as lesões que nós temos na nossa secundária. E mostraram contra o Panthers que podem fazer isso.

Nosso corpo de safeties é a Dama de Copas da partida contra o Bills porque são o que temos de melhor para atrapalhar as jogadas profundas deles.

Essas foram as Cartas na Mesa para a partida contra o Buffalo Bills pela semana 15 da NFL 2020. E para vocês, quem merece cada carta?


Informações da partida:

Semana 15: Buffalo Bills (10-3) @ Denver Broncos (5-8)
Data: 19/12/2020 – Sábado
Horário: 18h25 – horário de Brasília
Local: Empower Field at Mile High – Denver, Colorado
Transmissão: ESPN e NFL Game Pass
Odds do jogo: Bills favorito por 5,5 pontos
Histórico da série: O Buffalo Bills lidera a série com 23 vitórias e 16 derrotas, além de 1 empate. Vencemos apenas uma das últimas 5 partidas que os enfrentamos.

#GoBroncos