BMF/Bola do Jogo – Week 4 @Jets

Salve Salve Broncos Country! Bem vindo ao BMF/Bola do Jogo dessa semana. Quando o Broncos vence, distribuímos a Bola do Jogo para quem se destacou em meio à vitoria. Vamos analisar os melhores jogadores na Vitória em cima do New York Jets, além dos lances dignos do Bom, Mau e Feio.

Bolas do Jogo contra os Jets

Ataque – Melvin Gordon

Nosso RB foi fundamental na partida desta quinta e fez o jogo corrido funcionar como a arma que tanto gostaríamos. Teve um início de jogo muito bom com corridas, depois teve a vida dificultada mas, no final, conseguiu sacramentar a vitória com aquele belo TD no final do jogo. Gordon teve 23 carregadas para 107 jardas, 2 TDs e uma média de 4.7 jardas/carregada, além de 2 recepções para 11 jardas. Não restam dúvidas de que foi uma bela contratação e estamos ansiosos para ver novamente a dupla Gordon e Lindsay, que pode acontecer já na semana 5 contra os Patriots. Menção honrosa para Tim Patrick que teve 1 belo TD e 113 jardas em 6 recepções.

Defesa – Bradley Chubb

Novamente uma boa partida para o nosso EDGE Rusher e agora, com o splash que todos cobram, os sacks vieram e digo no plural porque foram 2,5 sacks na partida, sendo um deles aquele abração gostoso em Darnold na 4th & 1 para pregar o caixão dos Jets. 5 Tackles sendo 3 sem assistência, 2,5 sacks, 2,5 tackles para perda de jardas e 5 Hits no QB!!! Chubb vêm encontrando muita marcação dupla nas partidas, mas dessa vez inspirado e a OL adversária não tendo aquela qualidade resultaram em Chubb fazendo um estrago no jogo. É isso ai meu garoto Chubb, tá saindo da jaula o monstro!!! Menção honrosa a Jewell e Ojemudia que fizeram uma excelente partida.

Especialistas – Brandon McManus (ou McMoney)

O rei da sapatada!!!! Foi cada bicuda maravilhosa de McManus nessa partida que nos lembrou os tempos de glória de 2015 que era só passar umas 5-10 jardas do meio de campo que ele garantia o resto. Foram 3 Field Goals convertidos de 3 tentados sendo o primeiro de 40 jardas, o segundo e o mais longo de 54 jardas e, para finalizar, o terceiro de 53 jardas. Aproveitamento de 100% e 9 pontos no placar em sua conta. Vale a menção honrosa ao Sam Martin que se destacou por precisarmos de punt somente 1 vez na partida – é isso mesmo, 1 punt! e nada mais.

O Bom, O Mau e o Feio

O Bom

O Lance Bom na vitória contra os Jets foi…

Belo TD de Jerry Jeudy e bem vindo a NFL meu rookie, transformando o que era pra ser uma interceptação em TD e colocando 7 pontos no placar. 48 jardas é a marca de seu primeiro TD e solta a dancinha na endzone!!!

O Mau

O Lance Mau na vitória contra os Jets foi…

Rypien já tinha lançado uma interceptação para Pierre Desir antes na partida… Então lançou outra e, desta vez, foi uma pick six. Nesse momento colocamos os Jets novamente na partida e o torcedor começava a se preocupar… Mas no fim tudo deu certo!

O Feio

O Lance Feio na vitória contra os Jets foi…

Jamal Adams calls out Jets coach Adam Gase, GM Joe Douglas | Miami Herald

Este senhor no final da partida, perdendo por duas posses de bola e pedindo tempo enquanto a gente ajoelhava para matar o relógio. Além das pancadas que seus jogadores deram sem a mínima necessidade em nosso QB. Adam Gase, SUPERA o Broncos e para de ser dodói!!!

E para vocês torcedores, quem merecia as Bolas do jogo??

Aproveitem e sigam o Mile High Brasil no Twitter, no Instagram e apoiem nosso trabalho pelo Apoia.se.

#GoBroncos