De Olho No Pittsburgh Steelers

Saudações nação azul e laranja! Após uma derrota frustrante dos Broncos na estreia, é hora de projetarmos como será o jogo contra o Pittsburgh Steelers neste domingo (20) às 14h.

Este jogo tem tudo para ser duríssimo para os Broncos, ainda mais depois da boa estreia dos Steelers contra os Giants.

Broncos x Steelers – Semana 2 da Temporada 2020

ADVERSÁRIO – PITTSBURGH STEELERS

DATA DA PARTIDA: 20/09/2020

LOCAL: HEINZ FIELD – PITTSBURGH

Pontos positivos: Conexão ofensiva, Quarterback e wide receivers, marcação por blitz e defesa.

A equipe dos Steelers sofreu na temporada passada com a ausência de seu quarterback titular Ben Roethlisberger. Na primeira partida desta temporada contra os Giants, o QB demonstrou sua recuperação e que está muito bem alinhado com seu ataque, lançando para 229 jardas e 3 touchdowns, tendo completado 21 dos 32 passes realizados. Os Steelers possuem várias armas ofensivas para que a nossa secundária marque com atenção como JuJu Smith-Schuster, Chase Claypool, Diontae Johnson, James Washington e Eric Ebron.

O principal alvo de Big Ben foi (e é) o wide receiver JuJu Smith-Schuster, que teve 2 touchdowns e 69 jardas na partida. Esta dupla é um perigo para os oponentes, sendo necessário uma marcação forte dos nossos cornerbacks e safeties para limitar JuJu na partida ao mínimo de recepções possíveis. Além disso, é necessário que os nossos linebackers pressionem constantemente Big Ben ao longo do jogo, tendo em vista que a OL dos Steelers apresenta enormes falhas.

Portanto, a conexão Big Ben e seu corpo de recebedores é a principal arma ofensiva dos Steelers, sendo necessário que nossa secundária (apesar da ausência sentida de A.J. Bouye) atue em grande nível e cometa o menor número possível de erros para segurar este ataque.

Um outro ponto de grande destaque dos Steelers é a sua boa defesa, com grande ênfase para os linebackers Devin Bush Jr, T.J Watt e Bud Dupree e o safety Minkah Fitzpatrick.

A equipe dos Steelers possui uma defesa com muita explosão e arranque, que oferecem problemas ao jogo corrido do adversário e ao seu quarterback. Um grande diferencial dos Steelers é que aproveitam dessa explosão de seus linebackers para utilizar blitz inúmeras vezes ao longo da partida. Para se ter uma ideia do ótimo trabalho defensivo dos Steelers, Saquon Barkley, um dos melhores running backs da liga, foi limitado a somente 6 jardas em toda a partida inaugural da equipe de Nova Iorque e Daniel Jones, quarterback dos Giants, foi pressionado a partida toda, sendo sacado em três oportunidades.

A linha ofensiva dos Broncos deve trabalhar bem para segurar (no bom sentido) os jogadores dos Steelers, propiciando assim um bom desenvolvimento do nosso jogo corrido e para evitar sacks ao nosso quarterback. Também será necessário que Lock se movimente e saia do pocket para buscar seus alvos ao longo da partida, já que tende a ser bastante pressionado.

Um outro destaque que deve ser feito é para o safety Minkah Fitzpatrick. Para que os Broncos consigam bater Fitzpatrick e a secundária dos Steelers, será necessário que nossos recebedores confundam a marcação, com jogadas de mudança de rotas e explosão.

Ponto negativo: Linha ofensiva.

O grande ponto negativo dos Steelers, que pode (e deve!) ser bastante explorado pelos Broncos, é a sua linha ofensiva.

A linha ofensiva da equipe é um setor que apresenta falhas e buracos. Big Ben foi bem pressionado ao longo da partida contra os Giants sofrendo 2 sacks, inclusive. Os Broncos, apesar de não conseguirem pressionar tanto o quarterback dos Titans em seu jogo de estreia, possuem plenas condições de pressionar nessa partida contra os Steelers.

Uma boa apresentação de Bradley Chubb, Malik Reed, Jeremiah Attaochu e companhia é essencial para os Broncos terem sucesso na partida. Pressionar Big Ben e reduzir a janela de tomada de decisão dele é imprescindível para nossa equipe conseguir limitar o ataque dos Steelers e assim ter maiores chances de vencer a partida. Quanto maior a pressão em Big Ben, maior é a possibilidade de conseguirmos turnovers e interceptações.

Acredito que será uma partida duríssima para nossa equipe e que será decidida por poucos pontos. No entanto, acredito que a equipe dos Steelers está neste momento um passo à frente dos Broncos, tendo maiores chances de vencer a partida!

Let’s go BRONCOS!

Palpite para a partida: Vitória dos Steelers

Placar: 24 x 20