Cartas na Mesa vs Buccaneers

Cartas na Mesa: Semana 3 – vs Buccaneers

Olá, amigue que torce para o Denver Broncos! Hoje, nossa equipe joga em casa com vários desfalques e carregando um 0-2. Nada legal. O melhor jeito de nos sentirmos melhores é vencer Tom Brady em sua nova equipe, o Tampa Bay Buccaneers, porque nada como vencer Tom Brady em Denver para melhorar o domingo de qualquer torcida. Vamos pôr as cartas na mesa para essa partida.

Cartas na Mesa contra o Tampa Bay Buccaneers

Ás de EspadasO Ás de Espadas

O Ás de Espadas é a peça fundamental, que pode desequilibrar a partida a nosso favor.

No caso da partida contra o Tampa Bay Buccaneers, o Ás de Espadas é… Justin Simmons.

Simmons foi o responsável pela maior mudança de momentum na partida contra o Steelers. Sua interceptação colocou o Denver Broncos de volta no jogo, e o que seria uma surra se tornou uma partida que chegamos a ter chances de vencer, fora de casa, contra um dos favoritos para chegarem aos playoffs da temporada.

Liderou a equipe em tackles, com 8, 1 deles para perda de jardas, além da interceptação em si. Para vencermos Tom Brady e companhia, precisamos de turnovers e a equipe é uma das 4 piores da Liga em turnovers forçados nos últimos 4 anos; se tem alguém que pode ajudar esses números a mudarem, é ele.

Justin Simmons é o Às de Espadas da partida contra o Buccaneers porque é o jogador que pode virar a maré a nosso favor a qualquer momento.

CuringaO Curinga

O Curinga é aquela peça que ninguém sabe o que esperar. Seu desempenho pode nos garantir a vitória ou nos enterrar na derrota.

No caso da partida contra o Tampa Bay Buccaneers, o Curinga é… Vic Fangio.

Sim, Fangio. Nosso técnico. Na primeira partida, errou e muito no uso dos timeouts, o que nos tirou qualquer chance real de tentar uma campanha pra virar a partida. Na segunda, além de algumas decisões questionáveis, ainda tomou uma multa astronômica por não utilizar a máscara de proteção do jeito certo.

A equipe é jovem e precisa de um líder disciplinado e confiável. E Fangio tem alternado bastante entre decisões corajosas e corretas, como uma quarta descida na linha de gol, com muitos momentos que deixam até os torcedores mais crédulos coçando a cabeça.

Vic Fangio é o Curinga da partida contra o Buccaneers porque precisamos confiar que nosso técnico terá menos altos e baixos, e manterá uma constante melhor para a equipe.

Valete de CopasO Valete de Copas

O Valete de Copas é aquela peça que tem tanto amor no coração que é quase suicida. Suas atitudes em campo são amadas pelos adversários e causam na torcida a vontade de machadá-lo.

No caso da partida contra o Tampa Bay Buccaneers, o Valete de Copas é… Bradley Chubb.

Chubb continuará aqui. Aliás, tô quase chamando o Valete de Copas de Chubb Card. Porque é inaceitável que a peça mais importante da nossa defesa tenha apenas 3 tackles na temporada.

Se Tom Brady ficar confortável no pocket, vai destruir nossa defesa. Com seus passes curtos e médios, consegue avançar o campo, manter nosso ataque fora de campo e vencer a partida. Precisamos deixá-lo desconfortável, e, para isso, precisamos de Bradley Chubb jogando o que foi draftado para jogar.

Bradley Chubb é o Valete de Copas da partida contra o Buccaneers porque ainda não entrou na temporada 2020 e precisamos dele, agora mais do que nunca, para evitarmos um 0-3.

Dama de CopasA Dama de Copas

A Dama de Copas é a peça que corta as cabeças dos adversários. Motivo de preocupação e atenção especial, pode destruir o jogo a nosso favor.

No caso da partida contra o Tampa Bay Buccaneers, a Dama de Copas é… Noah Fant.

Fant jogou apenas o primeiro tempo da primeira partida e o segundo da segunda. Pelo menos foi o que vimos porque, por alguma razão, mesmo com Sutton machucado e sem Drew Lock, não é acionado o jogo todo. Ainda assim, têm 2 TDs e recebeu 9 dos 11 passes que foi alvo. Mas preste atenção à este detalhe: 7 dos 9 passes foram para uma primeira descida. Os únicos que não foram para primeira descida foram os TDs.

Fant chegou em 2020 com vontade de jogar, e está desempenhando em campo. É o maior mismatch que temos no nosso ataque contra qualquer jogador da defesa bucaneira. Se temos alguma chance real de vencer essa partida, ela passa por envolver Fant o jogo todo, não apenas um tempo.

Noah Fant é a Rainha de Copas da partida contra o Buccaneers porque precisamos do nosso melhor jogador ofensivo (enquanto a bruxa das lesões não o ataca também *bate na madeira*) para vencermos.

Essas foram as Cartas na Mesa para a partida contra o Tampa Bay Buccaneers pela semana 3 da NFL 2020. E para vocês, quem merece cada carta?


Informações da partida:

Semana 3: Tampa Bay Buccaneers (1-1) @ Denver Broncos (0-2)
Data: 27/09/2020 – domingo
Horário: 17h25 – horário de Brasília
Local: Empower Field at Mile High – Denver, Colorado
Transmissão: FoxSports e NFL Game Pass
Odds do jogo: Buccaneers favorito por 5,5 pontos
Histórico da série: Denver venceu as últimas 4 partidas, com a última derrota tendo sido em 1999, e lidera com 7 vitórias, contra 2 do Buccaneers.

#GoBroncos