Mock Draft 2020 – Gustavo

Saudações, torcedores dos Broncos! A Free Agency (FA) ficou para trás e o Draft da NFL é logo ali. Está na hora de especularmos e darmos alguns palpites sobre o que os GMs vão fazer. Está na hora do Mile High Brasil soltar seus Mock Drafts!

A galera que acompanha o site já deu seu palpite (veja aqui) e agora chegou a minha vez. Vou palpitar na escolha de primeira rodada de todas as franquias. Mas antes, algumas considerações são importantes:

  • As escolhas aqui simbolizam o que acho que os GMs vão fazer e não necessariamente o que eu faria;
  • Considerei a possibilidade de trocas.

Sem mais delongas, vamos lá!

1. Cincinnati Bengals: Joe Burrow, QB LSU

Burrow é o melhor prospecto na posição desde Andrew Luck. Os Bengals precisam de um QB e não há muito o que pensar aqui.

2. Washington Redskins: Tua Tagovailoa, QB Alabama

Chase Young é o melhor jogador do Draft, mas vamos fazer algumas considerações. Ron Rivera não aceitou ir para Washington para ser mais um capacho de Dan Snyder e, para isso, quer um QB pra recomeçar a franquia. Será que esse QB é Dwayne Haskins? Haskins foi uma escolha de Snyder, que o enfiou goela abaixo do Gruden. Se Rivera não o considera a resposta para a franquia na posição, não deixará um talento como Tua passar. É um chute ousado, mas essa escolha não é totalmente impossível.

3. Miami Dolphins (via DET)*: Justin Herbert, QB Oregon

MIA envia #5, #18 e #70. Detroit não deveria deixar de escolher Young aqui, mas com dois QBs fora do board vai receber uma enxurrada de ligações e acabar cedendo. Justin Herbert seria meu QB favorito para o ano passado, caso tivesse se declarado. Tem todos os atributos físicos e liderança necessários para a posição e há rumores de que Miami está interessado nele. Os Dolphins tem três escolhas de primeira rodada e, portanto, mais munição para fazer a troca e garantir seu QB do futuro.

4. New York Giants: Chase Young, EDGE Ohio State

Será que David Gettleman é tão teimoso para deixar o melhor jogador do Draft passar? Espero que não.

5. Detroit Lions (via MIA)*: Jeffrey Okudah, CB Ohio State

Mesmo com a troca, Detroit consegue o melhor CB da classe para ajudar a arrumar uma das secundárias mais deploráveis da liga.

6. Los Angeles Chargers: Tristan Wirfs, OT Iowa

Neste cenário, os Chargers ficaram chupando o dedo sem QB e optam por selecionar um OT. Wirfs não é meu LT favorito, mas seus números no Combine vão impulsioná-lo para o topo. Ao menos, LAC consegue suprir uma necessidade após a saída de Russell Okung.

7. Carolina Panthers: Isaiah Simmons, LB Clemson

Essa escolha com certeza está à venda, mas neste cenário acho que os Panthers dificilmente deixariam o sucessor de Luke Kuechly passar.

8. Arizona Cardinals: Jedrick Wills, OT Alabama

Acredito que com DeAndre Hopkins no elenco e com uma classe de WR tão boa os Cardinals optem por um OT. Na minha opinião, Jedrick Wills é o melhor Tackle do Draft.

9. Jacksonville Jaguars: Derrick Brown, DT Auburn

Os Jaguars viram sua DL titular virar pó nessa FA e conseguem uma boa reposição com Derrick Brown.

10. Cleveland Browns: Mekhi Becton, OT Louisville

Os Browns estão muito ligados a Tristan Wirfs, mas duvido que não seja o primeiro OT fora do board. Becton não tem a mesma técnica, mas é um monstro no aspecto físico e capaz de rebocar geral na linha de scrimmage (LOS).

11. Denver Broncos (via NYJ)*: Henry Ruggs III, WR Alabama

DEN envia #15, #77 #118. John Elway afirmou por várias vezes ao fim da temporada que o time precisa de mais velocidade, mas não alocou um dólar sequer nisso durante a FA. Fora isso, os Broncos já tem 79 lugares do elenco de 90 preenchidos e o time sempre gostou de adicionar jogadores não-draftados para encontrar joias escondidas, de forma que acho improvável que façamos as 10 escolhas que temos. Juntando as peças, acredito que Elway vai se mover para cima no Draft e o mais provável é que faça isso para dar velocidade ao time. E se velocidade é o que precisa, Henry Ruggs III é o nome. Com um tiro de 40 jardas em 4,27s, Ruggs é uma ameaça de TD constante, capaz de esticar o campo e conseguir muitas jardas após a recepção com sua velocidade. É um WR que me parece cair bem no esquema de Pat Shurmur. Mas isso não significa que venha sem pontos a corrigir. Ruggs têm muitos problemas para se livrar de marcação em press na LOS e sua velocidade de jogo cai muito quando submetido a esse tipo de marcação. Não conta nada para ninguém, mas a NFL vai dar isso para ele constantemente, de modo que ele precisa corrigir isso. Gustavo, você faria essa troca para essa escolha? Não. Vejo que tem WR melhores ainda disponíveis, mas o nome de Ruggs está muito ligado aos Broncos no processo. Mas de modo algum acho uma escolha ruim. Ruggs seria uma arma muito interessante para os Broncos e com potencial de contribuir e muito desde o início.

12. Las Vegas Raiders: Cee Dee Lamb, WR Oklahoma

Mike Mayock vê o melhor WR do Draft cair no seu colo.

13. San Francisco 49ers: Jerry Jeudy, WR Alabama

John Lynch vê o segundo melhor WR do Draft cair no seu colo.

14. Tampa Bay Buccaneers: Andrew Thomas, OT Georgia

Tom Brady gostaria de um WR aqui, mas um pouco de proteção não faz mal a ninguém. A linha ofensiva dos Bucs não é das melhores e Thomas contribui para resolver o problema.

15. New York Jets (via DEN)*: K’Lavon Chaisson, EDGE LSU

Os Jets descem no Draft, mas se mantêm à frente dos Falcons para garantir seu pass rusher.

16. Atlanta Falcons: CJ Henderson, CB Florida

A secundária dos Falcons precisa de ajuda e Henderson é uma baita prospecto em CB para deixar passar aqui.

17. Dallas Cowboys: Kristian Fulton, CB LSU

Eu já fui e voltei várias vezes na minha decisão sobre quem é melhor: Jeff Gladney ou Kristian Fulton. Fiquei com o Fulton aqui e acho que os Cowboys precisam melhorar a secundária, ainda mais após a saída de Byron Jones.

18. New England Patriots (via DET, via MIA)*: Jordan Love, QB Utah State

NE envia #23 e #98. Bill Belichick sabe que não vai encontrar QBs históricos para sempre na sexta rodada, então decide apostar em Jordan Love. O produto de Utah State ainda é muito cru para a NFL, mas pode dar certo se cair nas mãos certas.

19. Las Vegas Raiders: Jeff Gladney, CB TCU

Mayock pode repetir os feitos do ano passado e surpreender muita gente aqui, mas acho que CB é a decisão mais correta que ele pode tomar.

20. Jacksonville Jaguars: Justin Jefferson, WR LSU

Os Jaguars precisam melhorar seu grupo de WR e Jefferson é o melhor que sobrou no meu board neste momento.

21. Philadelphia Eagles: Denzel Mims, WR Baylor

Há muita controvérsia sobre como ordenar os WR daqui para baixo, mas é certo que os Eagles estão de olho na posição. Eu gosto muito de Denzel Mims e o coloquei aqui.

22. Minnesota Vikings: Tee Higgins, WR Clemson

Os Vikings devem querer um substituto para Stefon Diggs. Apesar de ter características diferentes, acho que Tee Higgins poderia fazer boa dupla com Adam Thielen.

23. Detroit Lions (via NE)*: Javon Kinlaw, DT South Carolina

Kinlaw certamente é um talento Top 15 nesse Draft, mas com a lesão no joelho durante o Senior Bowl e a dificuldade em se fazer avaliações médicas por conta do Coronavírus podem fazê-lo cair. A situação em Detroit é ruim demais para deixar um talento desses passar.

24. New Orleans Saints: Kenneth Murray, LB Oklahoma

New Orleans tem poucos problemas no elenco e creio que LB seja um deles. Murray é o melhor do Draft na posição para mim.

25. Minnesota Vikings: Trevon Diggs, CB Alabama

Os Vikings se desfizeram de seus veteranos na secundária nessa FA e resolveram renovar a unidade com o irmão de seu ex-WR.

26. Miami Dolphins: Xavier McKinney, S Alabama

Não é consenso entre os especialistas, mas na minha opinião McKinney deveria ser escolhido bem antes da posição 26. Bom para os Dolphins que precisam de um S titular.

27. Green Bay Packers (via SEA): Jalen Reagor, WR TCU

GB envia #30 e #175. Muitos WR já saíram do board e os Packers decidem pular à frente de Baltimore e Tennessee para garantir o último talento de primeira rodada na posição (descartei o Shenault pela lesão, ok?).

28. Baltimore Ravens: Patrick Queen, LB LSU

Os Ravens fortalecem uma posição que ficou meio abalada com a saída de CJ Mosley.

29. Tennessee Titans: Josh Jones, OT Houston

A saída de Jack Conklin deixou um vazio na linha ofensiva dos Titans, que é muito bem preenchido por Josh Jones.

30. Seattle Seahawks (via GB)*: Yetur Gross-Matos EDGE, Penn State

Jadeveon Clowney dificilmente retornará à Seattle, de maneira que os Seahawks mantém seu poderio nas trincheiras com Gross-Matos.

31. San Francisco 49ers: AJ Terrell, CB Clemson

O SB expôs algumas fragilidades na secundária dos 49ers. AJ Terrell chega para fortalecer a unidade.

32. Kansas City Chiefs: Damon Arnette, CB Ohio State

O ataque liderado por Mahomes sempre será endeusado, mas é impressionante o que o DC Steve Spagnuolo conseguiu fazer com a defesa que parecia o calcanhar de Aquiles do time. Arnette fortaleceria ainda mais a defesa e faria dos Chiefs um sério candidato ao título (como se já não fossem).

Meus caros leitores, este é o meu mock draft de 2020. Provavelmente errarei 99% das escolhas, mas fazer o quê. Deixe sua opinião nos comentários. Nos vemos em breve. Go Broncos!!!