Conhecendo Pat Shurmur

Conhecendo Pat Shurmur

Olá, amigo leitor e torcedor do Denver Broncos. Numa reviravolta que nem Sapkowski e Martin juntos poderiam prever, nossa equipe demitiu Rich Scangarello e contratou Pat Shurmur para a posição de Offensive Coach (OC). Vamos conhecer um pouco sobre ele?

Shurmur antes da NFL

Nascido numa pequena cidade de Michigan, Pat Shurmur cresceu numa família mergulhada no futebol americano, com destaque para seu tio, Fritz Shurmur, que foi técnico na NFL por mais de duas décadas, tendo sido campeão de um Super Bowl como Coordenador Defensivo do Green Bay Packers.

Shurmur, apesar disso, nunca jogou na NFL, tendo tido sua carreira como jogador apenas na faculdade.

Depois de terminar sua carreira como jogador, ele foi assistente técnico e depois treinador de TEs, OL e ST de Michigan, antes de passar um ano como técnico de OL de Stanford, quando de lá, devido ao seu bom trabalho, foi levado para a NFL pelo Philadelphia Eagles.

Pat Shurmur na NFL

Pat Shurmur passou por Philadelphia Eagles (várias vezes), St. Louis Rams, Cleveland Browns, Minnesota Vikings e New York Giants, antes de vir parar em Denver.

Já foi técnico de OL, TEs e QBs, além de Coordenador Ofensivo e Head Coach. Sua carreira como Head Coach não foi muito bem, tendo vencido apenas 19 jogos e perdido 46, mas como técnico assistente, teve 6 QBs com mais de 3000 jardas, 4 recebedores e 3 RBs para mais de 1000 jardas, e um total de 14 jogadores com 23 seleções no Pro Bowl.

Como destaques do seu trabalho, Donovan McNabb conseguiu quase todos os recordes históricos de Quarterbacks do Eagles. No Rams, Sam Bradford foi o Calouro Ofensivo do Ano. Além disso, o Philadelphia Eagles, em sua segunda passagem por lá, esteve no topo de todas as marcas ofensivas. Por fim, Case Keenum teve seu melhor ano da carreira (único ano bom, aliás, que fez com que ele viesse para Denver).

Pat Shurmur no Denver Broncos

Drew Lock era um dos quarterbacks favoritos de Pat Shurmur, mas o Giants draftou Daniel Jones. Pat Shurmur já gosta de Lock, e tem o talento de montar seus esquemas baseando-se nos jogadores que ele tem, em vez de tentar encaixar um QB num sistema que não é para ele.

Com isso, ele será muito mais capaz do que Scangarello, que chegou prometendo novidades e saiu mais conservador que John Fox, de extrair o máximo dos nossos jogadores. No ano, fomos o 4º pior ataque da Liga, tanto em jardas quanto em pontos por jogo.

Drew Lock, Courtland Sutton, Noah Fant, Phillip Lindsay e Royce Freeman merecem um treinador melhor. E isso em todas as áreas. Pat Shurmur teve seus ataques no Top 20 nas últimas seis temporadas com ele de OC ou HC, enquanto o Broncos não tem um ataque top 20 desde que Peyton Manning saiu.

Desejamos a Pat Shurmur toda a sorte e competência do mundo. E se estivermos mesmo no Hard Knocks (grande possibilidade), vai ser muito bom ver a química entre ele e Fangio.  Enquanto isso, estou bastante otimista para nosso ataque em 2020.

E você? O que achou da contratação?

#GoBroncos