Em Foco - MHBr

Em Foco – Semana 15 – @KC

Saudações, torcedor dos Broncos! Levamos uma surra na neve de Kansas City e anotamos mais uma derrota: 23 a 3 para os Chiefs. Vamos conferir os destaques da partida de acordo com o Pro Football Focus (PFF).

Destaques positivos na derrota para os Chiefs

“Linha ofensiva”

Sim, senhoras e senhores, o PFF realmente acha que nossa “OL” foi muito bem (veja aqui). A “unidade” foi joia na proteção ao passe, Drew Lock teve todo o tempo do mundo para lançar e este que vos escreve é cego. Kansas City anotou 2 sacks, 3 tackles para perda de jardas e 10 QB hits (!!!) por pura sorte, totalmente sem merecimento, visto que temos a melhor dupla de OT da liga e um RG topzera! Nem falo nada.

Von Miller, OLB

Pode até ser que Von Miller não esteja tendo aquela temporada Vonster, mas continua sendo peça importante no pass rush. Com toda a dificuldade que é marcar Patrick Mahomes, Von ainda conseguiu 2 tackles, sendo ambos solo e 1 para perda de jardas, além de 1 sack e 2 QB hits. É compreensível sua frustração após a partida com a confirmação de mais derrotas do que vitórias no ano e espero que 2020 seja o ponto de inflexão desta situação.

Shelby Harris, DE

Este senhor joga muito semana após semana, mesmo sendo um lobo solitário em uma DL toda remendada. Dá uma olhada nos números do rapaz: 3 tackles, sendo 2 solo e 2 para perda de jardas, 2 sacks e 2 QB hits. É um playmaker fantástico! Eu realmente espero que os Broncos assinem uma extensão de contrato com Harris antes da próxima off-season, pois foi a melhor peça da DL durante todo ano e dificilmente conseguiríamos repor sua saída.

Shelby Harris é o melhor jogador da linha defensiva este ano. Fonte: Predominantly Orange.

Destaque MHBr: Ninguém

O jogo foi 23 a 3. Preciso dizer alguma coisa?

Destaques negativos na derrota para os Chiefs

Drew Lock, QB

Bem-vindo à NFL, Drew Lock! Após duas boas partidas, nosso QB calouro foi mal contra os Chiefs, tomando decisão ruim atrás de decisão ruim. Lançou várias bolas sem qualquer precisão e preferiu arriscar demais com a desvantagem no placar. Terminou a partida com 18 passes completados em 40 tentativas (45%), para 208 jardas (média de 5,2 jardas por tentativa) e 1 interceptação. Devemos olhar para a performance de Lock com o mesmo pragmatismo das vitórias: é um QB novato, que apresentou coisas boas, mas que ainda tem muito a percorrer para receber o carimbo de Franchise QB dos Broncos. Enfrentou um time superior, com condições climáticas muito desfavoráveis e se deu mal. Continuaremos sua avaliação.

Destaque MHBr 1: “Linha ofensiva”

PFF, a “OL” cedeu 2 sacks, 3 tackles para perda de jardas e 10 QB hits (!!!), fora as apressadas sofridas por Lock! Me custa a crer que colocaram esta “unidade” como destaque da partida. Sem comentários.

Destaque MHBr 2: Vic Fangio e Ed Donatell

Nossos HC e DC bolaram uma estratégia ousada para vencer os Chiefs: não marcar Travis Kelce. Durante a semana, Fangio fez ligações para Vance Joseph, questionando quais seriam as melhores estratégias para deixar o TE adversário (e um dos melhores da liga) livre. VJ forneceu tudo em detalhes e nossa comissão aplicou com maestria: Kelce anotou 11 recepções em 13 alvos para 142 jardas. Parece piada, mas não é! Foi patética a marcação sobre o TE. Não foram situações em que houve mismatches e o defensor perdeu a jogada por ter menos habilidade. Kelce esteve sempre livre, sem marcação nenhuma! Enquanto Fangio dava entrevista após a partida, Kelce apareceu livre no vestiário para receber mais um passe para 15 jardas. Ah, pelamor, né!

Fangio consultou Vance Joseph para elaborar a melhor estratégia possível para deixar Travis Kelce livre. Fonte: Associated Press.

Estes foram os destaques da nona derrota dos Broncos na temporada. Deixe os seus destaques na seção de comentários. Nos vemos em breve. Go Broncos!