BMF/Ferradura de Ouro – Seahawks Preseason Week 1

Olá, amigos e torcedores do Denver Broncos, estamos de volta com o BMF Bola do jogo/Ferradura de Ouro temporada 2019. Quando o Broncos perde, em vez da Bola do Jogo, distribuímos Ferraduras de Ouro para quem se destacou em meio a derrota. Vamos analisar os melhores jogadores na derrota para o Seattle Seahawks, além dos lances dignos do Bom, Mau e Feio.

Ferradura de Ouro Contra o Seahawks

 

Ataque – Drew Lock

Drew Lock mereçe o destaque positivo no ataque pela evolução que vem demonstrando desde o inicio dos Training Camps e também com relação ao jogo do Hall da Fama há uma semana. Lock computou no jogo de ontem 17 passes completos de 28 tentados, para 180 jardas, 1 TD, 1 INT, uma média de 6.4 jardas. Indo além das estatísticas, Lock fez belas jogadas mostrando flashes de um futuro promissor com a camisa do Denver Broncos, principalmente no passe perfeito para Troy Fumagalli, e no play action sob pressão onde completou o passe para Nick Williams e a outra grande jogada foi com Lock fazendo um fake handoff em uma 4&1 correndo com a bola para pegar as jardas necessárias para mover as correntes enganando todo mundo inclusive a transimissão da partida.

 

Defesa –  Malik Reed

Pelo segundo jogo seguido Reed se destaca na partida! O rookie não draftado da Universidade de Nevada vem mostrando grande valor jogando como OLB (Outside Linebacker) posição em que já estamos muito bem servidos, mas Malik Reed apresenta-se como uma opção extremamente boa para a rotação na posição. No jogo de ontem ele contabilizou mais um Sack, somando dois até o momento na pré temporada. Esse sack veio de uma jogada onde Reed passou com muita facilidade pela OL adversária com um spin move muito bem executado! Os números de Malik Reed na noite de ontem foram: 4 tackles totais, sendo 3 solo, 1 sack, 1 tackle para perda de jardas e 1 QB hit. Que continue assim durante a pré temporada e Malik Reed pode ver seu nome dentro dos 53 jogadores do roster final.

 

Especialistas – Brandon McManus

Em uma noite onde o time de especialistas foi muito nivelado por baixo, McManus, o senhor automático apelido que ganhou em 2015, fez juz ao apelido e quando requisitado converteu os 2 FG de 25 jardas que tentou, sem muito esforço. Ganha o destaque mais por ausência de coisas boas nos retornos e punts durante a partida contra o Seahawks. Precisamos melhorar esse time de especialistas, não queremos mais um ano com sofrimento vindo desta unidade.

 

O Bom, O Mau e o Feio

 

O Bom

O lance Bom da derrota para o Seahawks foi…

Essa corrida maravilhosa de Royce Freeman. Para um ganho de 50 jardas em uma 3&1. Corrida que foi possivel muito devido ao lindo trabalho da OL titular, Risner e McGovern fizeram bloqueios cruciais para abrir caminho para Freeman mostrar seu potencial e quase levar a corrida até a end zone. Andy Janovich também teve papel importante com um bloqueio mas isso não é novidade alguma para esse monstro!!!

 

O Mau

O Lance Mau da derrota para o Seahawks foi…

O safety permitido em cima de Drew Lock, um erro em conjunto. Lock poderia ter se livrado da bola para evitar o safety mas Khalfani Muhammad ficou perdido e não soube identificar a blitz, deixando caminho livre para o safety acontecer.

 

O Feio

O Lance Feio da derrota para o Seahawks foi…

A lesão de Austin Fort. TE que vinha se destacando bastante nos treinamentos e pré temporada, mas ontem nesse lance ao receber o passe de Drew Lock viu sua temporada acabar com a ruptura do ligamento cruzado. Sempre muito ruim ver qualquer tipo de lesão acontecer e dessa vez é mais uma baixa em nosso grupo de TEs.

 

E para vocês, leitores? Quem merecia as Ferraduras e o BMF?

 

#ThisOneIsForPat!!!

#GoBroncos!!!