Conhecendo Bryce Callahan

Olá, torcedor do Denver Broncos! Após a contratação do DB Kareem Jackson, a nossa secundária ganha um novo integrante. Na última sexta-feira (15), o time do Colorado acertou com o cornerback Bryce Callahan, ex-Chicago Bears. Será a volta da nossa no fly zone? Vamos conhecer mais sobre o novo membro da equipe.

Início da Carreira

Bryce Callahan interceptando pela Rice University. Foto
Troy Taormina-USA TODAY Sports

Bryce Jordan Callahan tem 27 anos, nasceu em 23 de outubro de 1991 e é de Moscow, Idaho. Ele jogou futebol americano pela Cypress Woods High School, no Texas, onde se destacou sendo escolhido para o 5A All State First-Team e para o Dave Campbell’s Texas Football’s 2009 All-Texas High School Team. O primeiro funciona como o All Pro team, uma seleção anual feita por jornalistas – nesse caso, a seleção é de jogadores de high school do Texas. O segundo é uma seleção feita pela Dave Campbell, uma mídia que existe há mais de 60 anos e se auto intitula como a bíblia do futebol americano no estado.

No College, jogou pela Rice University, também no Texas. Durante seus quatro anos defendendo a Rice, atuou como DB e CB, além de jogar nos special teams, como retornador de punt. Na defesa, traz ótimos números: foram 145 tackles totais, sendo 116 solo e 11.5 para perda de jardas. Inclui aí 13 interceptações, seis delas no ano de estreia.

Carreira na NFL

Bryce Callahan foi contratado pelo Chicago Bears em 2015, como undrafted free agent, onde esteve toda a sua carreira na NFL, até a última sexta-feira. Além de jogar como DB/CB, e uma aparição como DE em 2017, ele atuou também como punt returner.

Callahan não foi starter absoluto em nenhuma das temporadas que jogou pelos Bears e não jogou os 16 jogos em nenhum ano. Ele perdeu cinco jogos em 2016 por lesão na posterior da coxa e joelho e quatro jogos em 2017, também por lesão no joelho. Em 2018, ele jogou 13 jogos, 10 como starter, no entanto, quebrou o pé na semana 14 e ficou de fora do final da temporada regular e dos playoffs.

Mas não pense que o fato de não ser starter nos 16 jogos o define como um jogador ruim. Se deve muito mais à rotação de jogadores na posição. Ele foi considerado o 11º melhor cornerback entre 131 CBs, pelo site Profootball Focus. E quando falamos na sua especialidade, que é cobrindo a slot, ele aparece ainda melhor elencado. Ele permitiu apenas 0.69 jardas por snap cobrindo a slot, ficando como o segundo melhor na posição. Ele também foi o segundo slot corner mais evitado em 2018 (ficou atrás apenas do Stephon Gilmore, dos Patriots). Complementando, outro índice de destaque do slot CB na última temporada foi a disciplina. Callahan foi um dos únicos três jogadores da posição, que estiveram em mais de 300 snaps, que não cometeram faltas de cobertura.

Em números gerais, em suas quatro temporadas na NFL, Bryce Callahan jogou 45 jogos, 29 deles como starter. Ele fez 122 tackles totais, 109 solo e 11 deles foram for lossNa sua carreira profissional, ele soma 4 interceptações, 4 sacks, 1 fumble forçado e 20 passes defendidos.

Fun fact: a primeira interceptação de Callahan na NFL foi em cima de Joe Flacco, em 2017. Você pode conferir o retorno de 52 jardas aqui.

Bryce Callahan no Denver Broncos

Bryce Callahan chega no Denver Broncos com rostos conhecidos à sua espera. O slot cornerback jogou a sua carreira profissional inteira em Chicago, por consequência, era jogador de Vic Fangio, nosso novo HC, e de Ed Donatell, atual DC dos Broncos e ex-coach de secundária dos Bears.

Sua chegada nos faz ter esperanças de que a no fly zone esteja de volta. Callahan se junta ao recém-contratado Kareem Jackson (3º melhor CB free agent disponível – Callahan era o segundo, de acordo com o ranking da Profootball Focus) e ao veterano Chris Harris Jr. São três bons nomes para starters, o que deve fazer com que CBs não sejam uma preocupação principal no Draft. Assim, John Elway pode ir atrás de outras posições tão importantes quanto.

Se essa for a estratégia de Fangio, Chris Harris Jr. é o CB número 1, Kareem Jackson o número 2 e Callahan deve ser o 3º CB. Harris Jr. terá mais espaço para atuar mais como outside CB. Por outro lado, se Jackson jogar como safety, Callanham deve desempenhar o papel de segundo cornerback.

De qualquer forma, a defesa, em especial a secundária, começa a tomar forma e fazer frente aos ataques potentes da temporada passada. Em uma divisão que conta com Patrick Mahomes e Philip Rivers, a adição de um nome como Bryce Callahan faz diferença para a secundária do Broncos.

O contrato do jogador é de três anos e US$ 21 milhões, US$ 10 milhões garantidos.

E não é só cornerback novo que chega nos Broncos, não! Eu, Cassia Pires, a partir desse texto integro a equipe do Mile High Brasil, e de torcedor pra torcedor, tô bem animada com a nova temporada!

Acompanho o futebol americano há quase 5 anos e em dois deles estive na side line aqui no FABr, como coach de Special Teams (Bryce Callahan já tem um lugar especial no meu coração, por ter jogado como retornador de punt!).

E é isso, deixa aqui nos comentários sua opinião sobre a chegada do Callahan em Denver. Nossa no fly zone revive?