Em Foco - MHBr

Em Foco – Semana 13 – @ Bengals

Saudações, torcedor dos Broncos! Nossa sequência de vitórias continua, e as esperanças pelos playoffs só aumentam. Desta vez batemos os Bengals por 24-10. Vamos conferir os destaques da partida de acordo com a BSN Denver.

Os melhores da vitória sobre os Bengals

Phillip Lindsay (RB): A++, DPR 98,30

Lindsay novamente nos destaques do jogo: que novidade! Este rapaz é simplesmente imparável, e sua velocidade foi muito maior do que a defesa dos Bengals poderia dar conta, especialmente nas corridas por fora dos Tackles. Seu primeiro TD na partida me lembrou muito Le’Veon Bell, com paciência, visão e explosão para atacar o gap assim que ele apareceu. O segundo TD foi covardia: arrancou num outside toss para 65 jardas, praticamente sem ser tocado. Vamos dar uma olhada nos números da criatura. Foram 19 carregadas para 157 jardas (média de 8,3 jardas por carregada) e 2 TD! Difícil pedir mais, mas eu vou. Lindsay deveria ser mais envolvido no jogo aéreo, pois teve apenas 1 recepção (1 alvo) para 2 jardas. As possibilidades no ataque que ele oferece são muitas e é preciso aproveitá-las. De qualquer maneira, somente uma palavra descreve este garoto: monstro!

Von Miller (OLB): A, DPR 89,20

Após um jogo apagado contra os Steelers, Miller voltou a infernizar o QB adversário. Conseguiu 1,5 sacks, além de 3 QB hits, um deles resultando numa penalidade de Intentional Grounding. Teve muita disciplina na ponta da linha ao manter Jeff Driskell (que é veloz) dentro do pocket, além de atrair marcação dupla para deixar Chubb maltratar o LT. Também anotou 2 tackles solo, sendo 1 para perda de jardas, além de 5,5 pressões no QB. Ótima partida!

Bradley Chubb (OLB): A, DPR 104,46

Completando nosso triunvirato de figurinhas carimbadas nos melhores do Em Foco, temos Bradley Chubb. Coitado do LT dos Bengals Cody Glenn, foi totalmente molestado pelo nosso calouro. Em cima dele, Chubb pressionou o QB 4 vezes,  conseguiu 2 QB hits e 1 strip sack em que ele mesmo recuperou a carne. Que monstro! Assim como Von, conteve Jeff Driskell no pocket, mostrando um nível de disciplina e maturidade incomuns na maioria dos calouros. Também foi muito bem na cobertura ao passe, sendo alvo 2 vezes, mas permitindo apenas 1 recepção para 4 jardas! Calouro defensivo do ano!

Colby Wadman (P): A+

A BSN Denver não dá nota para o Punter, mas eu vou dar um belo de um A+ para o nosso entregador de pizza. Foram 4 de 6 punts dentro da linha de 20 jardas, sendo um dentro das 5 jardas! Só botinada! É justo eles estar entre os melhores.

Os piores da vitória sobre os Bengals

Domata Peko (NT): D, DPR 33,44

Peko foi uma peça nula em campo. Nenhum tackle, nenhum nada! Zerou em todas as estatísticas. Um cone em campo. Vamos lá, né Domata? Pelo menos um tacklezinho!

Lesões (destruidora de sonhos): F–, DPR – 2076,99

A nota acima é minha e o DPR foi calculado por minha pessoa. Meu Deus! Perder CHJr e Sanders numa semana só é um golpe fortíssimo no nosso sonho dos playoffs. Tudo bem, os calouros estão muito bem, mas perder dois dos melhores veteranos dificulta muito a tarefa. Basicamente, precisamos ganhar as quatro partidas finais se quisermos ter alguma chance de estar na pós-temporada. A tarefa acaba de ficar mais difícil.

Estes foram os destaques da vitória sobre os Bengals. Deixem seus comentários abaixo. Lembrem-se de dar uma olhada nos produtos oficiais da NFL no site da First Down. E não perca um só lance da bola oval! Assine um dos pacotes do NFL Game Pass. Nos vemos em breve. Go Broncos!