Pat Bowlen carregando o troféu Vince Lombardi, do Super Bowl

Pat Bowlen e o Hall da Fama

Olá leitores e torcedores de sangue azul e laranja, nesse entre jogos de preseason, venho destacar o que devemos esperar para próxima indicação da classe de Hall of Famers da NFL. E mostrar um pouco do nosso debilitado, porém multi-vitorioso owner, Pat Bowlen.

Numa terça-feira à tarde, Terrell Davis sentou-se em um antigo auditório do ensino médio em Canton, Ohio, para celebrar seu momento e sua semana de destaque, como um dos membros mais novos do Pro Football Hall of Fame. O Running back ex-Broncos refletiu em sua entrada no salão, pensou em seu pai, em suas vitórias no Super Bowl, em um grande jogo de pré-temporada que lançou sua carreira na NFL e em um golpe devastador que o deixou fisicamente marcado e forçou sua aposentadoria prematuramente.

Eu não esperava que o proprietário me ligasse depois que eu rasguei meu ACL. Você espera que os treinadores, talvez um companheiro de equipe, talvez seu treinador de posição te liguem. Mas Pat (Bowlen) foi o primeiro a me ligar. Esse pequeno gesto que ele fez, significou o mundo para mim. Eu atravessaria uma parede de tijolos para aquele homem.

Então eu estou esperando que ele entre (nessa próxima classe).

Davis não está sozinho.

O comitê de avaliação dos nove membros do Pro Football Hall of Fame está convocado no 25 de agosto para selecionar os finalistas em 2018. Acredita-se que Bowlen esteja perto do topo da lista, e o sentimento – a esperança – é que, se o nome dele for chamado, ele receberá a necessária votação mínima de 80% no próximo mês de fevereiro para que ele possa se juntar a Davis no Hall of Fame.

O ex-treinador do Denver Broncos, Mike Shanahan, disse sobre Bowlen:

Ele vai entrar. Não há dúvida de que ele vai entrar. A questão é, será no próximo ano ou um ano depois?

O legado de Bowlen está envolvido em uma rara combinação de números e reverências, ambos falados frequentemente por seus atuais e antigos jogadores.

Nenhum outro proprietário no histórico da liga registrou 300 jogos totais em suas primeiras 30 temporadas no leme. E nenhuma outra equipe da NFL tem uma porcentagem de vitória melhor (0,612) desde 1984, quando Bowlen comprou uma participação maioritária do Broncos por US $ 78 milhões. (De acordo com as últimas avaliações da Forbes, os Broncos são estimados em US $ 2,4 bilhões). E nenhuma outra equipe apareceu na televisão nacional (337 jogos) mais do que Denver.

Em seus 33 anos de propriedade, o Broncos ganhou 13 títulos de divisão, sete campeonatos da AFC e três Super Bowls. Eles vendem todos os ingressos em casa por uma série de 387 jogos seguidos desde 1970. Mais um argumento? O Broncos pertencente a Bowlen teve mais aparições no Super Bowl (sete) do que temporadas com rating negativo (cinco).

Está na hora da NFL realmente reconhecer quem faz a diferença pelo esporte, ano passo Jerry Jones entrou pelo marketing do America’s Team, agora é a vez de honrar os números e os feitos de Pat Bowlen.

Aguardaremos as cenas dos próximos capítulos e esperamos no mínimo uma homenagem a altura de Pat.

#Go Broncos!

Esse texto é uma tradução de uma postagem do Denver Post, texto original aqui.