Chiefs

Em Foco – Melhores da Temporada

Saudações leitores e torcedores de sangue laranja. No Em Foco especial da offseason, traduzimos uma matéria dos nossos parceiros do Mile High Report sobre o ranking do Pro Football Focus com os 101 melhores jogadores da temporada.

 

101 Melhores de 2016

No topo da lista de 2016 está o Quarterback Tom Brady, seguido pelo jovem Defensive tackle Aaron Donald. Temos 4 Broncos marcando presença no top 30, porém, nenhum foi rankeado depois disso, o que é um pouco decepcionante.

O primeiro Bronco na lista é Von Miller, ocupando a 14ª posição, o que não é muito bom levando em conta sua posição em 2015.

Von MillerAnálise do Pro Football Focus: Muitos disseram que Miller não seria o mesmo depois de receber o maior contrato de um defensor na história, mas estavam errados. Ele foi (mais uma vez) o melhor jogador da equipe e teve muitas performances dominantes durante a temporada. O pass rusher terminou a temporada com 24 sacks e quarterback hits somados, sem contar as 55 pressões que registrou em 16 jogos. Mas seus atributos na run defense talvez sejam os menos apreciados na liga, pouca gente se dá conta da dominância que Miller impõe contra os running backs, foram 53 run stops em 2016, 9 a mais do que qualquer outro pass rusher registrou. Miller estava sob muita pressão no começo da temporada mas não desapontou, terminou a season com 78 tackles, 13.5 sacks e 3 fumbles forçados. Provou mais uma vez ser uma das maiores forças da NFL em termos de pressionar o quarterback, também consegue ser sólido na run defense e extremamente competente em coberturas de passe.

O próximo Bronco selecionado foi o Cornerback Aqib Talib, na 18ª posição. A offseason de Talib foi agitada, inúmeras especulações vieram a tona quando o jogador teve um incidente com uma arma, muitos disseram que Talib deveria ser trocado ou simplesmente mandado embora. Bom, para a felicidade do Broncos isso nunca aconteceu e Talib teve o melhor ano de sua carreira na opinião do Pro Football Focus, sendo o primeiro CB rankeado na lista.

Análise do Pro Football Focus: Talib sempre teve capacidade para ser o melhor corner da NFL, mas até chegar em Mile High City, o máximo que conseguia era jogar bem por um certo período antes de ceder inúmeras big plays para jogadores abaixo da média. Mas desde que o Mile High Stadium se tornou sua casa, Talib é presença confirmada no top 5 da posição. 2016 foi o melhor ano de sua carreira, permitindo 53% de passes completos em sua direção, um quarterback rating de 49.5 e não cedendo nenhum touchdown. Por boa parte da temporada, Talib permitiu um quarterback rating abaixo de 39.6, para termos uma ideia, se o quarterback simplesmente jogar a bola no chão em todo lançamento seu rating será de 39.6, então por boa parte da temporada foi mais seguro jogar a bola no chão do que testar a cobertura de Aqib Talib. O jogador finalizou a temporada com 43 tackles, 3
interceptações e 1 pick-six, a recepção mais longa em sua cobertura foi de apenas
25 jardas.

Não é segredo pra ninguém que a No Fly Zone é a melhor secundária da liga, prova disso é a seleção de Chris Harris Jr. na 19ª posição geral. Harris é, sem duvida, o Cornerback mais desrespeitado pelos “especialistas” da NFL, ele é simplesmente deixado de lado quando falam sobre os melhores corners da liga, mas o PFF continua exaltando e valorizando toda habilidade de Chris Harris Jr. que foi o segundo melhor CB da temporada, atrás apenas de seu companheiro de equipe Aqib Talib.

Chris Harris Jr.Análise do Pro Football Focus: É muito difícil acreditar que Harris entrou na liga como undrafted free agent, pois todas suas temporadas foram incrivelmente sólidas. Em 2016, foram 84 lançamentos em sua direção, ele permitiu apenas 8.9 jardas por recepção e 126 jardas depois da recepção, registrou 63 tackles, 2 interceptações, 1 fumble forçado e 11 passes defendidos. Harris tem a versatilidade para jogar outside ou inside, casando perfeitamente com o esquema defensivo. Podemos dizer com certeza que CHJr25 é um dos, se não o melhor cornerback do planeta.

Como era esperado, as estrelas da defesa aparecem com mais força na lista, mas apesar de toda bagunça que foi o ataque em 2016, um jogador se destacou e merece reconhecimento. Matt Paradis foi o 28º melhor jogador da temporada segundo o PFF. Paradis enfrentou uma lesão séria nas costelas durante toda a temporada, mesmo assim esteve nos 16 jogos do ano e em todos os snaps ofensivos da equipe, a definição perfeita de Iron Man.

Análise do Pro Football Focus: A evolução de Matt Paradis foi uma das histórias mais agradáveis para os torcedores de Denver em 2016. Na verdade, acho que foi a única história agradável no ataque. O jogador teve um boa contribuição para o título do Super Bowl 50 em 2015, mas ninguém esperava uma qualidade tão alta em 2016. Ele foi um monstro na run block, e muito competente no pass block, permitindo 3.0 sacks e 45 pressões no ano, com somente 4 faltas. O Center sofreu com lesões em seus dois anos como titular até aqui, mas conseguiu ótimas temporadas com tais empecilhos, então imaginem o que um Paradis saudável pode fazer em 2017.

 

PFF Top 101 desde 2010

Agora que já conhecemos os selecionados de 2016, vamos dar uma olhada no passado. O Pro Football Focus lançou a lista dos 101 melhores da temporada pela primeira vez em 2010, desde lá, o Denver Broncos teve 35 jogadores nessa lista, a segunda maior marca marca do período, o que não é surpresa já que a era Manning foi uma das mais vencedoras da franquia.

Von Miller e Chris Harris Jr. entraram na lista 4 vezes (contando 2016). 2015 foi o ano com mais Broncos nessa lista, foram eles: Derek Wolfe (90º), Evan Mathis (76º), Malik Jackson (75º), Emmanuel Sanders (69º), Chris Harris Jr. (36º) e Von Miller (7º).

Manning and ThomasEntre outros jogadores, Demaryius Thomas foi selecionado 3 vezes enquanto Peyton Manning foi 2. Nosso ex-Defensive tackle Terrance “Pot Roast” Knighton teve 1 seleção, o mesmo vale para o ex-Cornerback Dominique Rodgers-Cromartie, que hoje atua pelos Giants. E não podemos esquecer do grande Champ Bailey que teve presença garantida na lista de 2012 (e terá em Canton daqui alguns anos).

Pelo Draft ou pela Free Agency, John Elway mostrou que não só é capaz de construir um time de Super Bowl mas que também consegue unir jogadores talentosos em Denver.

Concordam com nossos selecionados? Quantos teremos na lista de 2017? Comentem e compartilhem para espalhar a palavra.

#GoBroncos