brady sack patriots

Broncos e Patriots – Uma rivalidade de respeito

Olá, leitores e torcedores de sangue azul e laranja, lá vem eles, o Patriots. Essa rivalidade que tem engrandecido as duas franquias nas últimas temporadas, terá mais um capítulo nesse final de semana. O que podemos esperar disso? Vamos aos fatos.

Mesmo sem Peyton Manning, Broncos e Patriots ainda mantém uma rivalidade ativa, e significativa por causa de Tom Brady.

É uma rivalidade rara formada por duas equipes que são de divisões separadas por quase 3.200 km. Os Broncos odeiam os Patriots, mas, ao mesmo tempo, compartilham um respeito mútuo que supera seus sentimentos para qualquer outra equipe.

Nas últimas quatro temporadas, Peyton Manning vs Tom Brady destacavam-se  por terem um matchup com uma importância histórica de jogos e mais jogos nas temporadas anteriores. Manning foi embora, mas há mais do que argumentos suficientes para continuar uma intensa rivalidade entre dois dos mais consistentes contenders da AFC.

O Safety T.J. Ward, a respeito da rivalidade disse.

É mais sobre as equipes do que Brady-Manning, porque se Brady estivesse em outro lugar ainda seria Brady-Manning. Essa rivalidade é sobre as equipes. Você tem duas equipes historicamente grandes que fizeram muito para a NFL, geralmente no topo da AFC, grandes treinadores, grandes proprietários, grandes GMs. Apenas gera oposição. Apenas gera competição. É uma das grandes coisas do futebol.

Silenciosamente, a identidade da rivalidade começou a mudar em 2015. À medida que as habilidades de Manning se deterioravam, não havia muito debate sobre quem era o melhor Quarterback. Mas os Broncos ainda mantinham uma forte participação na competição porque sua defesa continuou a obter o melhor de Brady.

 

Conhecendo Tom Brady (entendedores, entenderão)

 

patriots Brady

Tom Brady

Os números de 2-7, demonstram o record de Brady em Denver na sua carreira. Ele também perdeu seis de seus últimos sete jogos em Denver, incluindo dois jogos na temporada passada para Brock Osweiler e Manning.

O treinador do Patriots, Bill Belichick e Brady, abandonaram esse discurso dos problemas serem devido a jogar fora de casa, já que os Broncos são uma boa equipe, independentemente de onde jogam, o que é verdade.

Denver foi uma pedra no sapato de Brady em toda sua carreira. O Broncos é a única equipe que ele tem um record negativo que é de 6-9. Em suas duas derrotas na temporada passada, Brady completou apenas 51% de seus passes, levou 7 sacks e teve um QB rating de 74,8.

Brady comentou sobre os times.

O número 58 (Von Miller) no outro lado da bola é muito mais perigoso, juntamente com o 94 (DeMarcus Ware), mais do que as pessoas imaginam, então vamos ter que fazer um bom trabalho para lidar com todos esses caras na nossa frente. Eles têm um grande grupo de Pass rushers . Eles têm um grande grupo de cobertura. Eles são excepcionais de muitas maneiras e eles têm sido assim por muito tempo, por isso vai ser um grande desafio para nós.

A personalidade expressiva de Brady e a atenção aos detalhes garantem que ele está ciente dos problemas de jogar no estádio de Mile High. E domingo é outra chance para ele extinguir o Brady não pode ganhar em Denver.

Emoção de lado, a defesa de Denver não é a mesma unidade que anulou Tom Brady na última temporada. E Brady, aos 39 anos, pode estar jogando o melhor futebol de sua carreira. Ele é um dos melhores candidatos ao MVP, completando 68,5% de seus passes com 22 touchdowns e 2 interceptações, apesar de ter sido suspenso pelos quatro primeiros jogos por causa do Deflategate.

T.J. Ward complementou.

Nós amamos jogar contra Brady. Ele é o melhor lá fora. Então quando temos a oportunidade, ele nos mostra onde estamos na defensiva. Para detê-lo juntamente com o esquema de Belichick e a quantidade de jogadores diferentes que eles têm … nós prosperamos nesse tipo de situação.

O técnico do Broncos, Gary Kubiak, acrescentou.

Ele é excepcional. Ele está em uma missão desde que ele voltou. … Você pode apenas ver como ele está conduzindo o time.

O Broncos conhece as tendências de Brady neste momento, mas isso significa pouco contra uma equipe treinada por Belichick conhecida por mudar completamente os planos de jogo dependendo do adversário. Denver está debilitado, particularmente na posição de Linebacker, que é um mau sinal, contra o que Kubiak chamou de a melhor equipe na NFL. Denver precisará jogar um de seus melhores jogos do ano defensivamente para vencer New England.

A pressão parece ser a melhor arma do Broncos contra Brady, forçando-o a ser móvel.

A cobertura na secundária é essencial para forçar Brady a segurar a bola e permitir que os Pass rushers façam a festa.

Shane Ray a respeito de Tom Brady.

Eu gosto de bater no Tom Brady um pouco mais do que outros Quarterbacks. Você pode ver como o Tom e o Philip Rivers ficam frustrados quando pressionamos ou atingimos eles.

A situação é terrível para o Broncos, que não está competindo com o Patriots pela Home Field Advantage como nos anos anteriores. Em vez disso, com 8-5, precisamos de vitórias apenas para chegar aos playoffs.

Abaixo o histórico de Tom Brady em Denver.

Patriots record Brady

 

E aí torcedor, qual a sua expectativa pra esse jogo de uma grande rivalidade?

Comente, retwitte e compartilhe. Espalhe a palavra.

#GoBroncos!