Russell Okung assina com o Broncos

Okung Chegou, Despeçam-se de Clady

Olá, amigo leitor e torcedor do Denver Broncos. Nosso time fechou com o LT Russell Okung, vindo do Seattle Seahawks, para melhorar a nossa OL. Isso significa que Ryan Clady está de saída de Denver. Este post explica sucintamente os valores dos dois, e como está a nossa situação no momento.

Para começar, todos devem se lembrar de quando o Clady disse que queria ser um Bronco para a vida toda, e aceitaria uma redução salarial. Acontece porém que ele não aceitou a oferta salarial de Denver, que pediu para ele cortar seu salário ao meio, e receber cerca de 5 M de dólares. Levem em consideração que esse é um cara que ganhou $33 M nos últimos 3 anos, para jogar 2 jogos em 2013, nenhum jogo em 2015 e jogar 2014 de forma bem abaixo do esperado. Sim, ele foi ao Pro Bowl em 2014, mas foi mais pelo nome que pelo desempenho. Em 2016, ele estaria programado para ganhar $10.1 M, e o Denver Broncos planeja trocá-lo com algum time. Se não conseguir a troca, ele será cortado, economizando-nos $9.9 M de cap.

Falando do Okung, o contrato que ele assinou é, na teoria, de 5 anos e $53 M. Na prática, porém, é um contrato de um ano apenas, no valor de $5 M, com opções anuais de $12 M nos próximos 4 anos. Se ele for mal, podemos cortá-lo de graça. Se for bem, renovamos com ele por um valor que não é inteiramente garantido. Este ano, ele tem a condição de ganhar mais $3 M com incentivos.

Okung tem um histórico de lesões, e não jogou todos os jogos nenhuma vez até hoje. Nas suas seis temporadas com Seattle, ele perdeu 24 jogos por lesão, mas o mínimo de jogos numa temporada foi 8, não tendo tido nenhuma lesão que acabou com o ano dele, como foi o caso de Clady. Foi campeão do Super Bowl pelo Seahawks, naquele jogo que todos queremos esquecer.

Ele foi Pro Bowler em 2012, e é um ano mais novo que Clady. O fato de seu contrato custar apenas $5 M para este ano representa uma grande melhora. Pelo PFF, Okung teve uma nota de 72.1 ano passado, maior do que as notas de Ryan Harris e Michael Schofield somadas. Ele foi draftado para jogar num esquema de bloqueios por zona, o mesmo que usamos em Denver, sendo ágil e capaz de segurar bem os bloqueios, além de chegar ao segundo nível rapidamente nas jogadas de corrida.

Interessante notar que Okung não tem agente. Ele negociou o próprio contrato, embora tenha tido aconselhamento de um agente e da própria NFLPA. Ele disse ter chegado ao acordo que ele queria, e que quer provar ao Broncos que ele merece ficar por mais tempo, e chega depois de ter visitado o New York Giants, Detroit Lions e Pittsburgh Steelers, além de ter recebido contato do San Francisco 49ers. Ele optou por defender os atuais campeões.

Com sua chegada, temos ele, Donald Stephenson (amanhã sai um post sobre ele), Ty Sambrailo e Michael Schofield para as posições de Tackle, lembrando que Schofield, Ty e Donald podem jogar de Guards, então teremos outra competição no Training Camp pela OL. Matt Paradis é nosso Center, e Max Garcia é um dos nossos Guards, com toda certeza.

Além deles, ainda temos Darrion Weems e Kyle Roberts que podem disputar uma posição no roster, além da possibilidade da volta de Tyler Polumbus, que embora tenha sido melhor que nossos outros jogadores na posição, também não acrescenta tanto assim.

A situação da OL é fluida, mas a chegada de Okung significa mais uns 5 M de espaço no nosso cap, que dá para contratar veteranos. Na semana que vem, teremos um post mais detalhado sobre ele, mas era importante trazer para vocês a informação.

#GoBroncos!