Phil Taylor

Conhecendo Phil Taylor

Olá, leitores e torcedores do Denver Broncos. Dando continuidade na nossa coluna Conhecendo, apresentamos a vocês mais um jogador. Phil Taylor chegou a Denver para reforçar nossa defesa, ele é DT e veio do Cleveland Browns por quem jogou suas 5 temporadas.

Phil Taylor antes da NFL

Phil passou pelo high school na Gwynn Park High School. Destacou-se pelos incríveis números de 77 tackles e 10 sacks. Optou por ir jogar na universidade de Penn State (Pennsylvania State University).

Foi destacado positivamente pela revista Rivals.com, e então era considerado um dos melhores DTs do país. Ao agregar a Penn State, Taylor no seu primeiro ano, jogou apenas os 7 últimos jogos pelos Nitanny Lions (como é chamado o time da Penn State University). Em seu segundo ano, por culpa de uma lesão no joelho sofrida na pré-temporada, não jogou a temporada toda, mas mesmo assim conseguiu jogar 12 jogos, fechando a temporada com 20 tackles, sendo 12 deles solo, e 6,5 for loss, além de 3 sacks e recuperou 2 fumbles.

Nos 2 anos seguintes, Taylor se destacou negativamente se envolvendo em 2 brigas, uma em 2007 e outra em 2008. A segunda briga o fez ser expulso da equipe, transferindo-o para Baylor, e acabou fora da temporada de acordo com o regulamento da NCAA.

No College, jogou majoritariamente como tackle, e, de acordo com scouts, tinha, de pontos positivos, um excelente primeiro passo, grande força e facilidade de derrotar bloqueios.

Foi classificado com 5 estrelas pelo site Scout.com, sendo considerado o 44º melhor jogador no draft de 2011, e o melhor DT de todo o College Football naquele ano.

Phil Taylor na NFL

Phillip Taylor foi draftado na primeira rodada do Draft de 2011 (21 escolha geral) pelo Cleveland Browns. Jogou lá de 2011 a 2014, como NT e DT.

Ele disputou um total de 44 jogos sendo 42 como titular, e perdeu 20 jogos em seus quatro primeiros anos na NFL, nessas temporadas obteve 7 sacks, 109 tackles (69 solo), 3 passes desviados, 1 fumble forçado e 1 fumble recuperado na sua estada em Cleveland.

Sua melhor temporada foi em 2011, quando ele começou todos os 16 jogos e terminou com 4 sacks, 59 tackles e um fumble forçado.

Em 2015 Taylor perdeu toda a temporada devido a uma lesão no joelho, ele foi cortado logo nos training camps pelos Browns.

O DT que já havia feito testes no Colorado na semana 16 da temporada passada, chega para suprir o espaço deixado por Malik Jackson, temos nomes no time para isso também, mas a adição de Taylor nos dá mais opções de rotatividade numa defesa tão agressiva, o jogador nunca foi dominante, porém sempre foi sólido quando atuava.

Ele assinou com os Broncos no dia 22 de fevereiro um contrato de 1 ano por 760 mil (600 mil de cap hit), chegou sem alarde, foi um investimento de baixo risco e alta recompensa, por isso vamos torcer para que venha fazer estragos com a Orange Crush 2.0.

E aí, o que acharam da contratação?

*Esse post contou com a colaboração de Marcelo Zunhiga.

#GoBroncos!