Offseason Program começou

Começou o Offseason Program do Denver Broncos!

Olá, amigo leitor e torcedor do Denver Broncos. Bem-vindos à nossa nova casa. O lançamento do Mile High Brasil não foi o único evento importante na data de ontem, já que o time do Denver Broncos se reuniu para começar oficialmente o Offseason Program.

Vestidos com camisetas onde se lia “Iron Sharpens Iron” (Ferro Afia Ferro), o time se reuniu com os técnicos, obteve informações sobre as mudanças no esquema tático, tanto do ataque quanto da defesa, conheceu as novas caras, deu entrevistas coletivas e revelou os números dos novos jogadores.

No lado do ataque, Emmanuel Sanders assumiu o pódio para falar. Sendo o WR veterano no time, com a saída de Wes Welker, ele é o líder, e falou como tal. Ao ser perguntado sobre como foi a primeira reunião com Gary Kubiak, ele disse o seguinte:

Foi tudo bem. A mensagem é clara: Temos que ganhar o Super Bowl. O foco é trazer o troféu para a cidade, e ele nos mostrou um clipe de dez minutos dos 20 últimos Super Bowls, e as grandes jogadas que aconteceram naqueles jogos. E ver o Super Bowl que o time perdeu doeu. Eu nem joguei aquele jogo e doeu. Ao mesmo tempo, é motivação. Queremos voltar lá e vencer. Se não vencermos o Super Bowl nesta temporada, então foi um fracasso. Esse é nosso padrão.

Sanders também elogiou Cody Latimer, dizendo que realmente acredita no potencial dele, e acredita que ele terá um grande ano. Já foi dito a ele que, nos casos em que o time tiver 3 WRs, ele jogará no Slot, então Cody vai para a posição dele ano passado. Por outro lado, isso não deverá ser comum. Com um ataque baseado no Zone-Blocking Scheme, é muito mais comum ter 2 TEs ou até mesmo um FB em campo. Ele acredita que será interessante ver como será uma mistura do ataque corrido de Kubiak com o ataque aéreo de Peyton Manning, e que o trabalho feito nessa offseason será fundamental para o sucesso.

Já na defesa, DeMarcus Ware foi quem falou, e disse estar bem feliz em voltar ao trabalho. Ele não parou de trabalhar, tendo se exercitado durante todo o período que era para estar de folga, e é notável no corpo dele isso. Também disse que estava muito feliz em voltar a jogar com Wade Phillips de novo, e em voltar a ser OLB. Quando perguntado sobre jogar na defesa 3-4 de Phillips, ele disse:

Estou muito feliz. Acho que quando se pensa num pass rusher, é sempre sobre quantas vezes você ataca o quarterback, e na defesa do Wade, sei que vou ter muitas oportunidades, especialmente com caras como Von Miller do outro lado, ele não vai descer para cobrir tantas vezes, vai fazer o que faz de melhor. E se eles quiserem dobrar nós dois, trazemos outros caras, e vamos criar o caos no ataque adversário.

Ele também falou que a reunião inicial com Wade foi boa, e todos estão motivados, e que explicou aos garotos mais novos que não dá pra tirar um tempo pra descansar. Se eles querem ser jogadores de alto nível, têm que treinar o ano todo, e que o trabalho na offseason é muito importante para desempenharem bem durante o ano.

Malik Jackson foi outro que falou bem da defesa de Phillips. Não em entrevista coletiva, mas ao ser perguntado sobre sua expectativa para tal, sua resposta foi bem clara:

É fácil de ver o que ele fez com JJ Watt. Mal posso esperar para ele começar a me ensinar e me criticar, e me ajudar a chegar no próximo nível. Quero ser um Pro Bowler em todos os aspectos necessários para isso, levar minha carreira a um patamar mais alto.

Quanto aos números para os novos jogadores, eles serão os seguintes:

No ataque, os TEs James Casey e Owen Daniels receberam, respectivamente, os números 80 e 81, enquanto o Center Gino Gradkowski recebeu a 77. Joe Don Duncan, que chegou e pode ser o azarão na briga por uma posição, vai jogar com a 42.

Na defesa, o DE Antonio Smith recebeu a 90, o Safety Darian Stewart, a 26, e os Walker (sem parentesco), o LB Reggie e o DE Vance, receberam 56 e 96. Ross Madison e Chase Vaughn vão jogar com a 34 e a 49, em busca de uma vaga no time. Vaughn jogou com essa camisa no Training Camp do ano passado.

Há oito jogadores que ainda estão sem números, e receberão antes do minicamp, Shelley Smith, Tevrin Brandon, Curtis Marsh, Jeremy Kelley, Kerry Taylos, Kyle Williams, Danny Mason e Karl Schmitz.

Nosso Radar de Free Agents vai continuar a ser atualizado durante toda a offseason, conforme novidades aparecerem, e traremos informações sobre os jogadores durante o período sem jogos.

Enfim, todos motivados, com a ideia de que um deve motivar o outro a se manter cada vez mais afiado, o time entra nessa nova fase. 2015 oficialmente começou para o Denver Broncos.

E oficialmente, começou uma nova era para nosso site e nossos leitores. Novamente, bem-vindos à nossa nova casa, obrigado por todo o apoio e suporte em todos esses anos. Foi por vocês que evoluímos.

Continuem a nos apoiar, seja na fanpage, seja no grupo, ou agora no nosso Patreon, colaborando para trazermos um conteúdo cada vez mais completo a vocês!

#GoBroncos!