Premio aos destaques da temporada

Prêmio 1.6Km 2014! Destaques da temporada 2014!

Bem, amigos do Broncos Brasil, bem-vindos à primeira edição do Prêmio 1.6Km, que premia os principais destaques do Denver Broncos na temporada. Com o fim da temporada regular, nossos amigos do grupo do Broncos Brasil enviaram seus votos para as categorias concorrentes, e temos o prazer de anunciar os vencedores! Vamos à premiação!

E aqui está, senhoras e senhores, o prêmio 1.6Km do ano. As categorias a serem premiadas são as seguintes: Jogador do Ano do Ataque, Jogador do Ano da Defesa, Novato do Ano (prêmio dado a qualquer calouro ou jogador no primeiro ano de contrato), Comeback do Ano (prêmio dado a um jogador que voltou de lesão ou de um ano muito ruim), Revelação do Ano (ao jogador que mais se destacou sem que a maior parte das pessoas esperasse) e MVP da Temporada. Além disso, pedimos aos nossos leitores que escolhessem qual foi o melhor e o pior jogo do time na temporada 2014, e eles entram para os destaques também. Indicaremos os três mais votados em cada categoria, em ordem alfabética, e então anunciaremos o campeão, e a porcentagem de votos.

Aqui chegam os jogadores, em seus carrões, de ternos impecáveis, prontos para receberem seus prêmios.

A primeira categoria premiada é Jogador do Ano do Ataque!

Os mais votados foram CJ Anderson, Demaryius Thomas e Emmanuel Sanders. E, com 44% dos votos, o vencedor é… Demaryius Thomas!

Demaryius quebrou o recorde da franquia em jardas recebidas numa temporada, ficou a um jogo de empatar o recorde de jogos seguidos com 100 jardas ou mais, e a 4 recepções de quebrar o de recepções na temporada. Foram 1619 jardas em 111 recepções, e 11 TDs. DT não sofreu nenhum fumble na temporada, e terminou com mais uma indicação ao Pro Bowl, além de ter sido escolhido pro segundo time All-Pro da Associated Press, e ter ganhado uma menção honrosa pro time de All-Pro do Pro Football Focus. Falando em PFF, ele foi listado como o quinto melhor Wide Receiver da temporada. Parabéns, DT!

A segunda categoria premiada é Jogador do Ano da Defesa!

Os mais votados foram Brandon Marshall, Chris Harris Jr. e Von Miller. E, com 69% dos votos, o vencedor é… Chris Harris Jr!

Harris foi tão dominante, mas tão dominante, que recebeu cinco vezes mais votos que o segundo colocado. Além disso, voltando da cirurgia no joelho, ele foi ranqueado como o melhor Corner Back da liga, de acordo com O PFF, e ganhou vaga no primeiro time de All-Pro do PFF, segundo time de All-Pro da AP e para o Pro Bowl. Pra complementar, dos Corner Backs que jogaram mais de 75% dos snaps do seu time, ele foi o único a não ceder nenhum Touchdown. Ano sólido para nosso amigo, hein?

Enquanto DT e Harris comemoram seu prêmio, vamos ao intervalo comercial.

Demaryius Thomas foi o destaque do ataque

Voltamos para a apresentação dos prêmios!

O próximo vai para o Novato do Ano! Todo ano, jogadores vão e vêm. Com isso, é bom termos algo para premiar uma das caras novas do time na temporada.

Os três mais votados foram Aqib Talib, Bradley Roby e Emmanuel Sanders. E, com 62.5% dos votos, o vencedor é… He-Manuel Sanders! Parabéns ao nosso herói!

Nas três primeiras das quatro temporadas que passou em Pittsburgh, Emmanuel teve 1290 jardas e 5 TDs. Em uma em Denver, foram 1404 jardas e 9 TDs. Ele avisou que Denver era o paraíso para os Wide Receivers, mas ele também foi um anjo da guarda para nosso ataque. Por isso, ganhou primeiro time de All-Pro do PFF, e indicação como reserva para o Pro Bowl. Além disso, pelo PFF, ele foi o oitavo melhor WR da temporada, isso custando 9 milhões a menos que Eric Decker (23º WR). TYJE!

A próxima honra vai para o Comeback do Ano. Tivemos diversos jogadores lesionados ano passado, ou que tiveram desempenhos ruins, e buscavam uma melhora.

Os três mais votados para o prêmio foram Chris Harris Jr., Rahim Moore e Von Miller. E o vencedor, com 78.5% dos votos foi… Von Miller!

Vonster teve um ano de 2013 atribulado. Suspenso dos primeiros jogos por falhar num teste de uso de maconha, com vários quilos a mais e com a lesão que encerrou sua temporada, ele voltou à velha forma em 2014. Foram 15 sacks na temporada, e a maior nota de Pass Rush de jogadores não chamados JJ Watt. Miller ganhou vaga no Pro Bowl, e foi eleito segundo time All-Pro tanto pela AP quanto pelo PFF.

He-manuel sanders

O próximo prêmio na lista vai para a Revelação do Ano. Tivemos jogadores que vieram do nada e acabaram com tudo. Os três mais votados para o prêmio foram Brandon Marshall, CJ Anderson e Malik Jackson. E o vencedor, com 75% dos votos, foi… CJ Anderson!

Eu avisei. Desde que vi CJ correndo pela primeira vez naquele jogo de Preseason do ano passado, sabia que o garoto tinha algo de especial. Aliás, CJ foi o jogador que escolhi para ilustrar a classe de jogadores não-draftados ano passado, justamente porque achei que era quem tinha mais potencial de ir pro time. E foram necessárias duas lesões de quem estava na frente dele no Depth Chart para ele pode mostrar isso.

Apesar de ter sido titular em apenas metade dos jogos do time na temporada, CJ conseguiu 100 jardas ou mais em 6 dos 8 jogos (num deles, ficou a 4 de conseguir 100). Ele terminou a temporada com quase 1200 jardas de scrimmage, e 10 TDs (algo que Moreno só conseguiu atingir no seu último ano com o Denver Broncos). Ele foi um dos 15 RBs mais votados para o Pro Bowl este ano, e, terminou o ano como o terceiro melhor RB da liga, de acordo com o PFF, perdendo apenas para Le’Veon Bell e Marshall Lynch.

CJ Anderson, grande destaque da temporada

Daremos uma pausa nas premiações individuais para falar de jogos.

Pedimos aos nossos leitores para elegerem o melhor e o pior jogo da temporada.

E o melhor jogo, de acordo com 69% dos que votaram, foi… A vitória contra o San Francisco 49ers!

Relembre o jogo através das Reações e do BMF.

Já o pior jogo, para massivos 93.75% dos leitores, foi a derrota para o Saint Louis Rams, que acabou por mudar de vez a filosofia da equipe para os playoffs. Há males que vêm para o bem, eu diria.

Pode relembrar as Reações do jogo aqui. Não teve BMF, porque foi minha época mais ocupada.

Agora, vamos ao grande vencedor da noite.

Foi a disputa mais acirrada, e a diferença do primeiro para o terceiro colocado foi de apenas um voto (os dois não-vencedores empataram em votos). Quase tivemos um empate triplo entre Chris Harris Jr., Demaryius Thomas e Peyton Manning.

Mas, com 37.5% dos votos, o grande vencedor de MVP, o jogador mais valioso do Denver Broncos na temporada é…

Chris Harris é o maior destaque, MVP da temporada!

Chris Harris Jr!

Os motivos já foram citados acima. Ele foi simplesmente sensacional. Se não houvesse um monstro em JJ Watt, ele teria grandes chances de ser o Jogador Defensivo do Ano na NFL, mas ainda tem grandes chances de levar o Comeback Player of the Year. Parabéns! Você fez uma falta enorme no último Super Bowl, esperamos vê-lo em Arizona, no próximo.

E por hoje é só, amigos. Obrigado por acompanharem os nossos destaques anuais, pela participação na votação do Prêmio 1.6Km, que volta na próxima temporada!

E não percam mais posts especiais durante a semana!

#GoBroncos!